‘Vai aumentar o dólar e cair a bolsa? Paciência’, diz Lula

O petista voltou a criticar o teto de gastos
-Publicidade-
Lula durante discurso nesta quinta-feira, 17, na COP 27
Lula durante discurso nesta quinta-feira, 17, na COP 27 | Foto: Reprodução/CNN

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a criticar o teto de gastos nesta quinta-feira, 17, durante um discurso na COP 27, no Egito. O petista participou de um encontro com representantes de movimentos sociais na Cúpula do Clima.

No dia seguinte à entrega da minuta da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) pela equipe de Transição ao Congresso, Lula afirmou que “não adianta ficar pensando só em responsabilidade fiscal”.

O petista continuou. “Vai aumentar o dólar, cair a bolsa? Paciência”, disse. “O dólar não cai por conta das pessoas sérias, mas dos especuladores”, sugeriu.

-Publicidade-

Ainda segundo Lula, a âncora fiscal é para “tirar dinheiro da educação, da cultura. Tentam desmontar tudo aquilo que é da área social” comentou aos representantes de movimentos sociais.

O texto preliminar da PEC da Transição prevê R$ 175 bilhões fora do teto e sem prazo definido e também a possibilidade de ampliar despesas quando houver receitas extras. Com isso, o impacto poderá ser ainda maior e atingir R$ 198 bilhões fora do teto de gastos.

Na semana passada, Lula fez o Ibovespa perder R$ 156 bilhões em valor de mercado ao criticar a “estabilidade fiscal”, e defender que é preciso colocar a questão social na frente de temas que interessam, segundo ele, apenas ao mercado financeiro.

Leia também: “De volta à cena do crime”, texto publicado na edição 136 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

27 comentários Ver comentários

  1. Este ladrão vagabundo deveria ter dito isto ao idiota e ignorante povo brasileiro antes da eleição que o povo não aceutar pelos muitos indçicios e denpuncias de variados crimes dentre estes zero votos em centenas de urnas ao omisso e iludido perdedor que permitiu chegarmos a este estado de coisas … o pior é que SE O NOVO CONGRESSO NACIONAL SE VENDER como se espera o pior ainda está por vir mas chega rápido … é uma nação idiotizada algoz de si mesma a lamber aas sobras da quadrilha ladra e assassina.

    1. Mas ele falou…sempre disse isto! O bandido socialista de sempre q reforçou ainda mais com os de sempre….e reforçado pelo chuchu…o Falso Cristão!

  2. ESSE MALDITO FDP LADRÃO ESCROTO, VAI ACABAR COM AS ECONOMIAS DO PAÍS, NEM ASSUMIU E JÁ QUER NOS DEIXAR NA MISÉRIA, O LEMA DESSE LADRÃO É SOMENTE UM: ROUBAR O MÁXIMO QUE PUDER. NÃO ESTA NEM AÍ PARA I LIMITE DE GASTOS. SEM LIMITE VAI EMITIR DINHEIRO A BALDE. 2023 INFLAÇÃO BATE 60% COM CERTEZA. FDP.!!!

  3. Quinta lei da estupidez humana: uma pessoa idiota é o “serhumano” mais perigoso que existe.
    Então quando o idiota se julga o tal, e é mitômano, temos um animal perigosíssimo. É o clássico burro ativo! Sai de baixo, é prejuízo garantido, ou seu dinheiro de volta…

  4. Novidade nenhuma, não vai só furar o teto de gasto, vai terminar o começou em 2003, roubar mais e mais, só pela vingança de ter sido preso, e povo não saiu em sua defesa, vergonha soltar um condenado para voltar a sena do crime, misericórdia.

  5. Votaram nisso aí, quero que se fod…. os mais jovens (que votaram em peso no Ladrão) é que irão trabalhar para pagar a conta daqui 10, 20 anos. A minha vida já está feita.

  6. É um sonso completo, acha que o país está em 1970 e imagina que ele é quem manda e não o sistema financeiro com as big empresas multinacionais. Quero ver se algum economista responsável vai segurar esse fio desencapado. Vai colocar os bilhões nas mãos do Hadad que entende de finanças tanto quanto o Lula de aritmética.

  7. É. Que tristeza ver uma quadrilha de bandidos controlando o Brasil. Eu penso que não vamos escapar do comunismo não. Oportunidades foram perdidas. O povo do bem, que produz e trabalha, vem lutando mas não vê nem uma.luz no fim do túnel.

  8. Mandou um recado ao Mercado. A PEC do Arrastão divulgada pelo vice Alkimim, coordenador da Comissão de Transição do Arrastão com 290 meliantes, esta confiante que o Bonde do Senado com o Bonde do STF irão aprovar essa PEC. Boa sorte Brasil

    1. Porque as pessoas estão ouvindo esse criminoso? Agora que AS FRAUDES ESTÃO COMPROVADAS, LULA NÃO VAI ASSUMIR.
      Explico:
      Eu vi as lives do argentino e li o relatório do PL. O relatório começa confirmando que há uma diferença de resultados entre as urnas antigas e as 2020. Ora, as pessoas não mudam de voto de acordo com o modelo da urna. Só isso já é prova suficiente para anular a eleição. Eu baixei os arquivos do TSE, pus em planilhas e concluí exatamente a mesma coisa. As urnas anteriores a 2020 apresentam proporcionalmente mais votos para o Lula. E isso acontece inclusive em cidades pequenas. Não se trata de urnas novas em centros urbanos e antigas no interior. Não há outra explicação a não ser fraude.
      Só no NE, isso produz mais de 2 milhões de votos a mais para o Lula e a menos para o Bolsonaro. Essa fraude, e somente no NE, já mudou o resultado.
      O relatório do PL não traz “dúvidas” sobre a eleição. Ele traz a certeza que as urnas antigas estão com funcionamento errado.
      Em seguida ele investiga a causa desse mau funcionamento e mostra que o programa das urnas antigas gera arquivos diferentes do programa das urnas novas. Ele conclui acertadamente que as urnas antigas não usaram o programa homologado e auditado na cerimônia do TSE.
      E se os dados não vieram do programa homologado, esses dados não podem ser considerados válidos. Segundo as regras do próprio TSE, os votos dessas urnas têm obrigatoriamente que ser descartados.
      A situação é inequívoca: há provas mais que suficientes para a eleição ser anulada.
      É claro que o TSE não vai reconhecer este fato, mas a situação de fraude é indubitável, e a reclamação é legítima.
      Não se trata mais de não gostar do resultado, mas de não aceitar um resultado fraudado.
      E assim que os ministros do TSE rejeitarem o pedido de anulação do PL com as provas mencionadas, estarão prevaricando, e levando a uma quebra institucional.
      Nesse caso, as forças Armadas terão a obrigação de intervir e restabelecer a ordem.
      E se ainda não o fizerem neste momento, veremos o caos nas ruas, com violência entre petistas e bolsonaristas. Aí, sem dúvida, o exército terá que interceder.
      Não tem jeito. VAI ACABAR EM INTERVENÇÃO MILITAR.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.