Vendas no varejo surpreendem e têm maior alta para abril desde 2000

Crescimento foi de 1,8% em relação a março; na comparação com o mesmo período de 2020, alta chegou a 23,8%
-Publicidade-
Setor de supermercados foi o único a registrar queda nas vendas em abril, segundo o IBGE
Setor de supermercados foi o único a registrar queda nas vendas em abril, segundo o IBGE | Foto: Alexas_Fotos/Pixabay

As vendas do comércio varejista superaram as expectativas do mercado e registraram, em abril, a maior alta para o mês desde 2000. É o que apontam dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) divulgados nesta terça-feira, 8, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o levantamento, as vendas no varejo registraram crescimento de 1,8% em abril em relação a março deste ano. Na comparação com o mesmo período de 2020, a alta chegou a 23,8%. Especialistas do mercado consultados pela Reuters projetavam um avanço de apenas 0,1% para abril.

-Publicidade-

Leia mais: “Boletim Focus: mercado projeta alta de 4,36% do PIB em 2021”

Com o resultado, o setor acumula uma alta de 3,6% nos últimos 12 meses e alcança um nível 0,9% superior ao verificado antes do início da pandemia de covid-19.

Das oito atividades analisadas na pesquisa, sete obtiveram taxas positivas. A maior alta ficou com o setor de móveis e eletrodomésticos (24,8%). O único a apresentar queda em abril foi o de hipermercados e supermercados (-1,7%).

Leia também: “Depósitos na poupança superam saques em R$ 72,6 milhões em maio”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comments

  1. A esquerda entra em desespero com a inegável recuperação econômica, pois mostra que o uso da pandemia da peste chinesa para arruinar a economia e enfraquecer Bolsonaro, deu errado.

    Apesar de todos os ataques covardes sofrido pelo governo do presidente Bolsonaro, o mais competente e mais honesto presidente da nossa história, o Brasil avança.
    Todos os indicadores econômicos melhoram e isto é algo realmente impressionante. Paulo Guedes já anunciara isto no ano passado.

    A esquerda está acuada pela decisão do cidadão de verdade, que abomina o comunismo (o Brasil sempre provou isso), pela imbatível popularidade de Bolsonaro e pelo tiroteio na esquerda para um nome que compita contra Bolsonaro, tudo inútil.

    Meu temor é que é que isso aumente a audácia dos ataques da esquerda.

    Não percamos a esperança. Reforcemos o apoio ao presidente!!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site