Volume de cargas movimentado nos portos do Brasil cresce 9,4%

O resultado foi divulgado pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários na quinta-feira
-Publicidade-
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

O movimento de cargas nos portos brasileiros chegou a 591 milhões de toneladas no primeiro semestre de 2021. Divulgado pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) na quinta-feira 12, o número é 9,4% maior que o registrado no mesmo período no ano anterior. O volume mais elevado foi contabilizado para o minério de ferro: 171,8 milhões de toneladas (crescimento de 12%). O petróleo aparece em segundo lugar com 97,2 milhões de toneladas (incremento de 8%).

Leia também: “Mercado Livre vai abrir novos centros de distribuição no Brasil”

“Os números são auspiciosos”, afirmou o diretor-geral da Antaq, Eduardo Nery. “Mostram que o setor aquaviário mantém seu crescimento contínuo. E isso é fundamental para a economia do país, para a geração de emprego e renda.”

-Publicidade-

A Agência prevê a circulação de 626 milhões de toneladas para o segundo semestre deste ano. De acordo com a projeção, até o fim de 2021, a movimentação de cargas nos portos brasileiros deve atingir 1,2 bilhão de toneladas, o que representa um aumento de 5,5% sobre 2020.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro