-Publicidade-

Bloqueio mundial de perfis: Twitter recorre de decisão

Rede social já havia criticado decisão de ministro do STF
Alexandre de Moraes definiu bloqueio de contas, mas Twitter busca reverter situação | Foto: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL
Alexandre de Moraes definiu bloqueio de contas, mas Twitter busca reverter situação | Foto: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL | alexandre de moraes - twitter - stf - bloqueio mundial de contas

Rede social já havia criticado decisão de ministro do STF

alexandre de moraes - twitter - stf - bloqueio mundial de contas
Alexandre de Moraes definiu bloqueio de contas, mas Twitter busca reverter situação
Foto: FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL

Ontem, o Twitter cumpriu o que tinha prometido na última semana. Ou seja: a empresa apresentou recurso contra decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que obrigou o bloqueio de perfis de investigados no inquérito das fake news.

Leia mais: “Deputado comunista nega que PL das fake news seja censura”

A contestação do Twitter será analisada pelo plenário do STF. Dessa forma, Moraes não será mais o único ministro a definir o caso. Os detalhes da reclamação por parte da rede social não foram divulgados, pois estão sob sigilo. O que se sabe é que a companhia quer reverter a decisão e, assim, voltar a disponibilizar os perfis em todo o mundo.

O ex-deputado federal Roberto Jefferson e os jornalistas Allan dos Santos e Bernardo Küster estão entre as pessoas que tiveram as contas bloqueadas no Twitter. Além de afetar usuários da plataforma mundial de microblogs, a decisão de Moraes atinge usuários do Facebook. Nesse sentido, a empresa de Mark Zuckerberg chegou a afirmar que não iria cumprir a ordem, mas mudou de postura mediante o temor de pagar multa diária no valor de R$ 100 mil.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. Pela linha do STF é só você entrar na justiça de um país qualquer que você pode suspende a conta de uma pessoa no mundo inteiro. Ex. Se eu quiser cassar a conta do Felipe Neto é só eu entrar na justiça, de um país ortodoxo, pedindo a cassação da conta dele no mundo inteiro, alegando, por exemplo, que ele é uma má influência para as crianças.

      1. Verdade! Ele não esperava. Ele só se sai bem em ambiente doutrinado, preparado.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês