-Publicidade-

‘Atos antidemocráticos’: PF informa ao STF que não tem elementos para indiciamento

O inquérito foi aberto em 2020, mirando apoiadores do presidente Jair Bolsonaro
O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, já recebeu os relatórios da Polícia Federal sobre os "atos antidemocráticos"
O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, já recebeu os relatórios da Polícia Federal sobre os "atos antidemocráticos" | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) enviou ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), um relatório informando que, ao término de dezenas de diligências realizadas, não encontrou elementos suficientes para indiciar pessoas pela realização ou financiamento de “atos antidemocráticos”.

Os autos do inquérito estão com a Procuradoria-Geral da República (PGR), que vai analisar as medidas. A PF não pediu mais prazo, indicando ter encerrado sua parte no processo. A delegada Denise Dias Ribeiro enviou o relatório ao ministro em dezembro, mas os documentos foram encaminhados direto para a PGR, onde estão até agora.

O inquérito foi aberto em 2020, mirando apoiadores do presidente Jair Bolsonaro que, supostamente, defenderam o fechamento do Congresso e do STF.

Leia também: “Inquérito das ‘fake news’ é fruto de ‘interpretação mirabolante do STF’, afirma juíza”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

13 comentários

    1. O STF agora virou SSTF (Supremo SovieTe Federal), com medidas autoritárias, ditatoriais e inconstitucionais. Virou um aparato da Nomenklatura que dita as normas conforme suas conveniências. Vergonha total.

  1. E agora, cabeça de ovo, como fica essa tua cara? Vai mandar prender a PF? Não demora muito você e seus comparsas estarão no olho da rua. Continuem cutucando a onça com vara curta.

  2. Então vamos ao que interessa à nação porra:
    PEC DA BENGALA
    PEC DA PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA
    FIM DO FORO PRIVILEGIADO, inclusive para ministros do STF e presidentes das casas legislativas e da República
    VOTO IMPRESSO em urna eletrônica, com OK através de visor. Esse BKP é bom para o país, e as explicações do STF para a não aceitação é no mínimo opaca.
    Vamos aproveitar que vivemos a ilusão de que Maia, Alcolumbre e seus comparsas se evaporaram, e vamos tentar reconhecer que podemos ter um país entendivel!!!

  3. Os 11 Ministros do STF já deveriam estar fora do STF há muito tempo!

    Todos são cúmplices, já deveriam, também, estarem sendo responsabilizados por seus crimes contra o povo e o Brasil, mesmo antes de qualquer indicação de ausência de crime pela PF desde caso específico, do “inquérito do fim do mundo”!.

    Violaram nossa Constituição, agrediram uma Democracia exatamente na pessoa e na dos eleitores do Presidente da República, eleito democraticamente e coerente com as regras em vigor, que está aí exatamente para mudar os rumos do País; perseguiram quem tem voz pública e não é de esquerda; prenderam cidadãos sem qualquer indicação de crime por se manifestarem livremente em razão exatamente de nossos direitos de liberdade de expressão garantidos pela Constituição; e, infligiram dor, sacrifício e prejuízos materiais, físicos e psicológicos a quem defende o Brasil!

    Fora todos serem escória, mal preparados, militantes e advogados de seus patrões, da esquerda medíocre e corrupta, nenhum deles se insurgiu contra esses atos criminosos praticados abertamente por alguns de seus pares no STF, são todos farinha de mesmo saco, traidores do cargo, do povo e da Pátria; sem exceção!

    Isso não pode passar incólume se desejamos formar uma sociedade compostas por pessoas dignas, o que implica em respeito e se fazer respeitar, coragem e ação, justa, produtiva e colaborativa entre todos para com todos!

  4. Espero ainda viver para poder ver uma reforma do Poder Judiciário, com a indicação de pessoas capacitadas e sem compromissos políticos no exercício da função de ministro do STF e demais tribunais superiores, além da implantação de mandatos com prazos determinados e sem possibilidade de recondução, a fim de que haja renovação periódica e estímulo na carreira! Sugiro aos atuais ocupantes que desfrutem sua velhice no Parque dos Dinossauros!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês