-Publicidade-

Desembargadores de SP terão bônus por fazer seus trabalhos

Premiação pode chegar até R$ 100 mil para magistrados que julgarem processos durante a pandemia
Desembargadores de SP: bônus por julgarem processos | Foto: CANVA
Desembargadores de SP: bônus por julgarem processos | Foto: CANVA | desembargadores de SP - bônus

Premiação pode chegar até R$ 100 mil para magistrados que julgarem processos durante a pandemia

desembargadores de SP - bônus
Desembargadores de SP: bônus por julgarem processos | Foto: CANVA

Apesar de o Brasil estar sob estado de calamidade pública desde março por causa do vírus chinês, magistrados paulistas poderão ver seus vencimentos aumentarem durante o período de pandemia. Isso porque o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) definiu bonificação que pode chegar até R$ 100 mil.

Leia mais: “Ar-condicionado do STF pode ter adoecido Toffoli”

Para ter direito à premiação, desembargadores de SP vão precisar… trabalhar. É que o bônus será repartido a quem julgar processos. De acordo com informações publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo, o TJ-SP criará até 19 câmaras especiais para dar maior agilidade aos julgamentos. Atualmente, cerca de 120 mil processos estão na fila para serem analisados.

Dessa forma, os gastos públicos com o Judiciário irão aumentar. Em junho, Oeste noticiou que mesmo diante da pandemia da covid-19 o Supremo Tribunal Federal não deu o exemplo. De março a abril, a Corte gastou mais de R$ 800 mil somente com veículos.

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES: “O dossiê completo dos gastos do STF” — reportagem publicada na edição 15 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Passa-me a impressão de que esses magistrados não trabalham, apesar de auferirem um salário fora do alcance de quem labuta honestamente. Vão receber mais para trabalhar? Isso é uma cusparada no rosto do brasileiro honesto e pagador de impostos para manter essa classe superprivilegiada. Sem sombra de dúvidas, o pior dos três poderes, da República, é o judiciário. U-L-T-R-J-A-N-T-E!

  2. Como pode um Tribunal decidir aumentar o salário de seus funcionários? Vale lembrar que isso não é decisão do Tribunal, mesmo porque ele não tem vontade própria. As pessoas que estão por trás desta afronta à sociedade paulistana, certamente se beneficiarão deste bônus, o que caracteriza falta de ética e conflito de interesses.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês