-Publicidade-

STJ abre inquérito para apurar mensagens da Lava Jato

Investigação será liderada pelo presidente do tribunal
STJ vai apurar conteúdo divulgado por 'hackers'
STJ vai apurar conteúdo divulgado por 'hackers' | Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) abriu inquérito para apurar ameaças contra integrantes da Corte a partir de supostas mensagens trocadas entre autoridades envolvidas na Operação Lava Jato — e que foram vítimas de crime cibernético. A decisão sobre a investigação foi divulgada na noite da última sexta-feira, 19, pelo presidente do STJ, ministro Humberto Martins.

Leia mais: “Em livro, Alexandre de Moraes defende ‘inviolabilidade parlamentar’”

Em nota, o STJ afirmou que o objetivo do inquérito recém-instalado vai além de saber se procuradores da Lava Jato usaram aplicativo de mensagens para ameaçar ministros. De acordo com a Corte, o intuito será descobrir se magistrados foram investigados irregularmente e se houve tentativa de “violação da independência jurisdicional” por parte de membros do Ministério Público Federal. Para isso, o tribunal citou o material divulgado na imprensa pelos hackers que se tornaram alvo da Operação Spoofing.

O inquérito a respeito do teor de supostas mensagens trocadas entre autoridades da Lava Jato seguirá em sigilo. Dessa forma, o STJ não informou quem passa a ser alvo do inquérito.

STF como exemplo

Como órgão do Poder Judiciário, o STJ informou ter tomado a decisão de ele próprio abrir inquérito com base em precedente vindo da Suprema Corte do país. Ainda em 2020, o STF decidiu instaurar o chamado inquérito das fake news.

Leia também: “O STF pode tudo?”, matéria de capa da edição 48 da Revista Oeste.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Parabéns aos Lavajatistas … apoiaram e celebraram a relativização das normas e leis pra derrubar os Conservadores (detalhe, era a camada da opinião pública q dava apoio democrático à turma da Lava-Jato … quem não lembra do Bolsonaro levando o Moro pro Estádio e toda a guerra que os Conservadores compraram nas redes por eles!) … pro no fim , Moro dizer “ turma de fanáticos ! “ e outros impropérios … pois é … o Moro fez o jogo do STF … agora só não reclame das novas regras , mesmo q o Tribunal seja outro … a “ideologia” do relativismo é o mesmo … pra q o Império das leis ? Se a gente pode mudar as regras sempre q convier ?? Ativismo Judicial e assemelhados, mas tudo em nome do bem (só falta dizer do bem de quem?) … o STF (tão defendido pelo Moro) … já pode dizer : “O Estado sou Eu – STF – !!!”

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês