A arte, em detalhes

O Google Arts & Culture tem conteúdo para ser explorado pelo resto da sua vida
-Publicidade-
"Oreste Perseguido pelas Furias", de William-Adolphe Bouguereau (1862)
"Oreste Perseguido pelas Furias", de William-Adolphe Bouguereau (1862)

Site/Aplicativo
Google Arts & Culture

O melhor (e maior) museu do mundo está no seu computador e no seu celular. É o Google Arts & Culture, um site/aplicativo que leva o usuário a centenas de instituições de arte pelo mundo, incluindo os mais conhecidos museus do circuito internacional.

-Publicidade-

O site/aplicativo oferece muitas opções de exploração. Você pode escolher por museu, por artista, por período, por estilo, por técnica empregada. Pode também encontrar as obras que retratam uma determinada cidade. Se você quiser se sentir no museu, existem vídeos em 360 graus que te fazem se sentir lá dentro, olhando para o quadro na parede. Todas as obras são acompanhadas de textos didáticos, para que você consiga entender melhor o que está admirando.

Detalhe de “Ginevra de’ Benci”, por Leonardo Da Vinci (1478)

Um dos melhores recursos do Google Arts & Culture é o zoom nas obras digitalizadas em alta definição. Num museu, a olho nu, você fica sempre a alguma distância não consegue captar todos os detalhes. No aplicativo da Google você pode ampliar a ponto de distinguir cada pincelada do autor e cada pequena marca deixada pelo tempo.

“Caçador de Búfalo cuspindo uma bala dentro de uma arma”, de Frederic Remington (1892)

O GAC ainda tem recursos que não foram disponibilizados para o Brasil. Um deles usa o princípio da realidade aumentada para que você “veja” como ficaria um quadro de Picasso ou Modigliani na parede de sua sala.

“A garrafa de Porto” – John Singer Sargent, 1884

O site não se limita a obras de arte. Exibe, por exemplo, fotos do centro histórico preservado de Goiás GO e a arte de rua de várias cidades do mundo.  Disponibiliza jogos temáticos, como a possibilidade de repintar grandes obras de arte com cores escolhidas pelo usuário. Outra atração é um grande acervo de fotos históricas. O Google Arts & Culture não é um site para ser explorado numa única vida.

“Colina do Farol” – Edward Hopper, 1927
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.