À frente do Mercosul, Argentina quer incluir a Bolívia

Alberto Fernández fez acenos ao socialista Luis Arce
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Instagram/Alberto Fernández
Foto: Divulgação/Instagram/Alberto Fernández | Foto: Divulgação/Instagram/Alberto Fernández

Alberto Fernández fez acenos ao socialista Luis Arce

à frente do mercosul
Gestão peronista no comando do bloco será mais regional que aberta | Foto: Divulgação/Instagram/Alberto Fernández
-Publicidade-

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou nesta quarta-feira, 16, que vai articular-se pela adesão da Bolívia no Mercosul. Na manhã de hoje, o peronista assumiu o comando pró-tempore da união aduaneira, até 30 de junho do ano que vem. “A incorporação da Bolívia, como membro do bloco, será uma enorme conquista, um verdadeiro marco no processo de integração que devemos continuar a aprofundar”, declarou Fernández. Atualmente, o chefe do Executivo boliviano é Luis Arce, apoiado pelo ex-presidente Evo Morales.

De acordo com o peronista, sua gestão no comando do bloco será mais regional que aberta — como durante a gestão de Bolsonaro — e baseada no tripé: economia, sustentabilidade e inclusão. “Temos que entender que, no mundo pós-pandêmico, a integração será ecológica. Temos que continuar trabalhando por um Mercosul digital, com foco nas questões relacionadas à conectividade digital”, disse Fernández. Além disso, pediu para que os países-membros trabalhem em uma rede 5G regional.

Bolsonaro se pronunciou, na cerimônia virtual, e pediu respeito à democracia. “É preciso fortalecê-la em nossa região”, salientou o presidente, ao mencionar que as diferenças têm de ser postas de lado. “Não posso deixar de registrar preocupação com impasses pontuais entre os estados-pares. Devemos deixar de lado essas discordâncias que pertencem a um passado que já foi superado. Precisamos trabalhar juntos para não sermos ultrapassados”, acrescentou o chefe do Executivo brasileiro.

Leia também: “Evo Morales é atingido por cadeira em evento; assista”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.