A Macron, presidente da Argentina se diz ‘preocupado’ com a Amazônia

Alberto Fernández defende esforço mundial para a preservação do bioma
-Publicidade-
Os presidentes Emmanuel Macron (esq) e Alberto Fernández (dir)
Os presidentes Emmanuel Macron (esq) e Alberto Fernández (dir) | Foto: Reprodução/Twitter/Alberto Fernández

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, engrossou o coro de ambientalistas contra o governo Jair Bolsonaro. Na quarta-feira 12, o peronista disse ao chefe do Executivo francês, Emmanuel Macron, que compartilha com os europeus a preocupação com a Amazônia e as mudanças climáticas. “É uma reserva muito difícil de entrar e com a qual temos um cuidado especial, porque sabemos que é um dos pulmões do mundo. Este esforço não tem que ser só argentino, mas do mundo inteiro. Terminar com o desmatamento, cuidar dos espaços verdes e entender de uma vez por todas que, através dos bosques e florestas nativas, respira o mundo”, declarou Fernández, em entrevista coletiva.

O gestor sul-americano está fazendo uma “romaria” por países da União Europeia, com a finalidade de pedir intercessão perante o Fundo Monetário Internacional (FMI). A Argentina tem de pagar US$ 44 bilhões ao organismo. Macron sinalizou que vai apoiar Fernández nas tratativas com o FMI. O peronista já conseguiu o apoio do primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez. Além disso, o papa Francisco recebeu o esquerdista no Vaticano, na quinta-feira 13. A pauta do encontro abrangeu questões envolvendo os mais pobres, a preservação da natureza e a epidemia de coronavírus, segundo comunicado emitido pela Casa Rosada, sede do governo argentino. Francisco defende as medidas de lockdown adotadas por Fernández.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

25 comentários Ver comentários

  1. Esses dois safados vao cuidar de seus paises cheios de problemas, estao interessados nas nossas riquezas. Bobo quem acredita que esses rapozas se preocupam com o ar pra respirar….

  2. Só faltava essa……. Destruindo a economia Argentina e levando o país à miséria, ainda vem atentar contra a soberania do Brasil simplesmente para fazer demagogia de uma maneira hipócrita…..

  3. Chega a ser cômico. O cara está com o país dele quase no buraco, fruto da incompetência dos comunistas vagabundos ladrões, e fica dando pitaco no Brasil. Só rindo!

  4. Ele deveria se preocupar com as pessoas passando fome em seu país. O presidente francês, também com vários problemas em seu país, deveria tomar conta de seu território infestado de terroristas. Querem afrontar Bolsonaro.

  5. Essa esquerdalha tem que ser estudada. Não é possível que tenham algo de normalidade. O cara está destruindo o País e vem querer cuidar da Amazônia? Juntamente com aquele fresco do Macron, que pra mim de macron não tem nada. Dois pulhas.

  6. A beira de virar uma venezuela, para fugir dos holofotes os dois ambientalistas de quinta categoria veem meter pitacos sobre nossa amazonia. Aposto que nenhum dos dois almofadinhas da escarda caviar pisou na amazonia ou sobrevoou uma floresta brasileira.
    Isso tudo é medo ou inveja do nosso agro e do bom trabalho do nosso executivo atualmente. Mito tá incomodando. kkkkkkk

  7. Esse presidente comunista quebrou a Argentina e agora anda pelo mundo, de pires na mão, dizendo o que os presidentes visitados querem ouvir, para pedir dinheiro que certamente não pegará.

  8. Perda de tempo em se preocupar com a Amazônia ao invés de cuidar do seu próprio País, garanto que tem cidadão argentinos que não estão mais preocupado com a fome e a necessidade do que com a Amazônia.

  9. Esse safado está e vai afundar a Argentina numa crise nunca vista. O povo argentino, se não quiser ver o seu país se tornar uma nova Venezuela deveria ir pra rua e exigir a renúncia desse farsante.

  10. Até parece que a Argentina está uma maravilha, que sobra tempo para conversa fiada com debilóides europeus. Meu Deus do Céu, todo esquerdista tem que ser necessariamente um estúpido. A Argentina continuar a trilhar o caminho que está, vai produzir o maior êxodo de indigentes da América Latina. Vai ser muito triste ver Argentinos perambulando pelo mundo em busca de um prato de comida.

    1. É uma grande piada desse canalha argentino. A Argentina fudida pedido ajuda financeira ao FMI; e esse pilantra preocupado com a Amazônia. Não consegue nem resolver os problamas argentinos, e quer se meter com o Brasil.

    1. Me poupou de fazer esse comentário, porém completo o seu, dizendo para esse milongueiro (que não é no sentido de milagreiro e sim no sentido de um sujeito enganador, vagabundo ou coisa que o valha) platino (El milonguero) que cuide do seu próprio rabo. Agora só falta se meter por aqui, se aliando àquele francesinho fresco que para manter as aparências se junta a uma perua estupidamente feia e que tem idade de ser sua mãe.

      1. O Pontífice deveria se preocupar com os abortos legalizados na Argentina, os quais não se manifestou.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.