A última piada de Nazar

Humorista afegão foi assassinado pelo Talibã
-Publicidade-
Ilustração de Farand Safi em homenagem ao comediante morto | Reprodução
Ilustração de Farand Safi em homenagem ao comediante morto | Reprodução

O comediante afegão Nazar Mohammad Khasha, muito popular na região de Kandahar, foi capturado e morto por militantes do movimento terrorista Talibã sem nenhuma justificativa conhecida. Ele também trabalhava como policial.

“Avanço do Talibã provoca migração em massa de afegãos” 

O primeiro vídeo abaixo mostra Nazar na garupa de uma moto rodando pelo deserto. No segundo vídeo, ele é levado para o interior de um veículo por militantes armados e faz uma piada que relaciona tamanho de bigode com coragem. Leva imediatamente dois tapas na cara. Em seguida, segundo algumas versões, foi morto por enforcamento.

-Publicidade-

“Com o Talibã, Afeganistão volta à ‘idade das trevas’” 

A morte de Nazar espalhou uma onda de indignação pelo país e também agravou a preocupação com o avanço do Talibã, que já controla mais da metade do país.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários

  1. Não consigo imaginar mediocridade maior que alguém considerar o Humor uma ameaça institucional. A violência dos talibãs apenas indica sua fragilidade emocional e incapacidade para administrar sua própria natureza humana.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro