Com o Talibã, Afeganistão volta à ‘idade das trevas’

Famílias são pressionadas a entregar suas filhas adolescentes para casar com os comandantes
-Publicidade-
Soldados armados no Afeganistão | Foto: Reprodução/PXHere
Soldados armados no Afeganistão | Foto: Reprodução/PXHere

Os Estados Unidos e seus aliados deverão se retirar definitivamente do Afeganistão em 11 de setembro, mas o grupo terrorista Talibã já está dominando a maior parte do país. O jornal britânico The Times mostrou exemplos da ação do grupo:

“Pilotando motos e picapes equipadas com alto-falantes, os insurgentes dirigem pelas ruas para anunciar o Emirado Islâmico e suas novas leis. Homens recebem ordens de ir para as mesquitas rezar enquanto as mulheres devem ficar em casa”.

“Primeira mulher entra na elite das forças especiais da Marinha norte-americana” 

-Publicidade-

Um habitante da província de Jowzjan que se identificou como Sojod deu mais detalhes: “O Talibã proibiu as mulheres de sair de casa sem burca e sem a companhia de um homem. Eles baniram a música e instruíram os homens a não mais fazer a barba. Eles estão pedindo às famílias quem cedam suas filhas para que se casem com os comandantes”.

Sojod vai além: “Àqueles que dizem que o Talibã mudou, eu os convido para que venham a Jowzjan e outras partes do país onde eles estão restringindo as mulheres de trabalhar e sair. Forçam as pessoas a entregar suas filhas adolescentes para casamento, a velha política retornou. Estamos na idade das trevas de novo”.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site