Vídeos mostram primeiros bombardeios do ataque russo à Ucrânia

Câmeras estão transmitindo através do YouTube as imagens do território ucraniano

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Foto: reprodução EarthCam
Foto: reprodução EarthCam

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou na madrugada desta quinta-feira, 24, uma operação militar especial na Ucrânia. A Revista Oeste atualizou, minuto a minuto, o estágio do conflito entre russos e ucranianos.

Acompanhe nossa thread no Twitter:

Câmeras estão transmitindo através do YouTube imagens ao vivo de vários pontos da Ucrânia. Trata-se do primeiro conflito que poderá ser acompanhado por qualquer pessoa conectada à internet, em qualquer ponto do mundo.

Bombardeiros em diferentes cidades ucranianas foram registrados na madrugada desta quinta-feira, 24.

Carcóvia

 

Mariupol

 

Crimeia

 

Odessa

 

Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, divulgou um vídeo depois dos ataques russos. “Estamos trabalhando”, disse. “O Exército está trabalhando. Não entrem em pânico. Somos fortes. Estamos prontos para tudo. Vamos derrotá-los, porque somos a Ucrânia.

 

Ataque iminente: sirenes em Kiev alertam para bombardeio russo

 

O repórter freelancer Luis Kawaguti atualiza as informações sobre o conflito

No Aeroporto de Doha, no Catar, o clima é de tensão

Foto: Luis Kawaguti/Revista Oeste

Segundo a embaixada da Ucrânia no Brasil, o objetivo da Rússia é destruir o Estado ucraniano. “Este é um ato de guerra, um ataque à soberania e à integridade territorial da Ucrânia, uma grave violação da Carta das Nações Unidas e das normas e princípios fundamentais do direito internacional”, escreveu a embaixada. “O espírito de luta do Exército ucraniano é alto. Nossos defensores estão prontos para repelir o Estado agressor e farão tudo ao seu alcance para defender a terra ucraniana.”

Vídeo mostra o momento em que o Aeroporto de Ivano-Frankvisk é atingido por um míssil russo

 

Tanques russos começam a ocupar a região da Carcóvia

 

Programação de canais de televisão ucranianos é interrompida por mensagens do governo, que pede para os cidadãos se refugiarem

 

Bombardeio russo atingiu uma região residencial da cidade de Chuguev, próximo de Carcóvia. Míssil de Moscou caiu entre dois prédios, matando pelo menos uma pessoa. As informações são da Agence France-Presse

Câmeras no YouTube

Esta é uma visão panorâmica da capital, Kiev. Em primeiro plano, o Canal Rusanivsyi, que deságua no rio Dnieper:

Abaixo, duas câmeras, uma em Odessa, a outra em Kiev e um mapa do espaço aéreo do país:

Aqui, a cidade de Odessa, à margem do Mar Negro:

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Sou o primeiro a manifestar. o que já foi dito pertence a um idiota. A solução passa por diplomacia. Como não funcionou anteriormente está na hora da Europa e EUA procurarem soluções negociadas.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.