Advogada pró-democracia é presa em Hong Kong

Prisão ocorre na data que marca os 32 anos do Massacre na Praça da Paz Celestial
-Publicidade-
Chow Hang-Tung
Chow Hang-Tung | Foto: Ocean Tham/HKFP

Na manhã desta sexta-feira, 4, a polícia de Hong Kong prendeu a advogada Chow Hang-Tung. Ela é vice-presidente da Aliança de Hong Kong em Apoio aos Movimentos Democráticos Patrióticos da China. Detida em frente ao prédio onde fica localizado seu escritório, ela está sendo acusada pelo governo de fazer reuniões ilegais.

A detenção ocorreu no mesmo dia que marca os 32 anos do Massacre na Praça da Paz Celestial, em Pequim. Em 4 de junho de 1989, o Partido Comunista Chinês deu ordens para o Exército reprimir estudantes que promoviam um protesto pró-democracia no país. Até hoje, não se sabe o número exato de mortos no episódio.

-Publicidade-

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, o grupo de que Chow faz parte organiza grandes vigílias todos os anos na data para homenagear as vítimas da dura repressão chinesa.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site