Afastamento de Rogério Caboclo tem validade mundial, determina Fifa

Dirigente é acusado de assédios moral e sexual por uma funcionária da CBF
-Publicidade-
Rogério Caboclo segue afastado da CBF
Rogério Caboclo segue afastado da CBF | Foto: Reprodução/Flickr

A Fifa anunciou nesta segunda-feira, 2, que a suspensão imposta pela Comissão de Ética da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ao presidente da entidade, Rogério Caboclo, tem validade mundial. Portanto, o dirigente está afastado de suas funções executivas no futebol não apenas no Brasil, mas em todos os países com federação filiada à entidade.

Acusado de assédios moral e sexual por uma funcionária da CBF, Caboclo foi suspenso provisoriamente em 6 de junho. Um mês depois, a instituição ampliou a sanção por mais 60 dias. Desde então, a CBF é comandada por um dos vices, o coronel Antônio Carlos Nunes.

O Comitê Disciplinar da Fifa decidiu validar a punição para âmbito mundial. De acordo com comunicado enviado pelo presidente do órgão, Jorge Palácio, “uma sanção imposta por uma associação ou confederação tem o mesmo efeito em cada associação da Fifa, em cada confederação e na própria Fifa”.

-Publicidade-

Leia também: “Justiça dá 48 horas para CBF explicar por que seleção brasileira não usa o número 24”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro