Aposta alemã contra covid-19, CureVac decepciona em testes de eficácia

Imunizante foi 47% eficaz contra a doença causada pelo novo coronavírus; índice mínimo recomendado pela OMS é de 50%
-Publicidade-
CureVac não demonstrou grande eficácia contra a covid-19, indicam resultados preliminares de estudo
CureVac não demonstrou grande eficácia contra a covid-19, indicam resultados preliminares de estudo | Foto: Divulgação

Uma das principais apostas para o combate à covid-19, a potencial vacina alemã CureVac frustrou os cientistas e demonstrou baixa eficácia contra a doença causada pelo novo coronavírus nos primeiros testes realizados. O imunizante alcançou 47% de eficácia média, ficando abaixo do percentual mínimo recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de 50%.

O otimismo com a CureVac era tão grande que a União Europeia (UE) já havia reservado cerca de 405 milhões de doses da vacina. O resultado foi obtido em uma análise provisória de 134 casos de covid-19 em um estudo que reuniu 40 mil voluntários na Europa e na América Latina. Ainda está pendente a avaliação de outros 80 casos da doença.

Leia mais: “Vacina alemã é nova aposta da ciência contra a covid-19”

-Publicidade-

Segundo os dados preliminares, o imunizante é mais eficaz em pessoas mais jovens, mas não teve grandes resultados em idosos. O CEO da Curevac, Franz-Werner Haas, afirmou que o estudo vai prosseguir.

A CureVac pertence ao grupo que muitos cientistas vêm classificando como a “segunda geração” de vacinas contra a covid-19. Assim como as vacinas da Pfizer/BioNTech e da Moderna, ambas com mais de 90% de eficácia, o imunizante também utiliza o RNA mensageiro.

Em junho, o governo alemão investiu 300 milhões de euros na pesquisa de covid-19 da CureVac, e outros investidores fizeram o mesmo. Em dezembro do ano passado, após dados promissores dos primeiros estudos de segurança, a empresa iniciou os testes.

Leia também: “Brasil vai receber 15 milhões de doses da vacina da Pfizer em julho”

Com informações da agência Reuters

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Ue. A DoriaVac da chinesa Sinovac tem menos eficácia que essa alemã foi aprovada pelos militantes da ANVISA e da CNN. A CNN e a Globo aprovando pode até matar brasileiros que não tem problema.

  2. Apesar de pertencer ao grupo de maiores de 65 anos, até hoje não me vacinei e estou muito bem, obrigado. Estou só observando até onde vai essa canalhice desses laboratórios farmacêuticos. Está parecendo com um antigo desenho animado da TV, “A corrida maluca”. Nunca vi nada igual.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site