Aprovação de Merkel dispara na Alemanha

Em meio à crise do coronavírus a aprovação da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, aumentou para 79%.
-Publicidade-
A chanceler da Alemanha, Angela Merkel
Foto: Martin Rulsch/Wikimedia
A chanceler da Alemanha, Angela Merkel Foto: Martin Rulsch/Wikimedia

De acordo com pesquisa, 79% dos alemães aprovam o trabalho da primeira-ministra; apoio ao seu partido também cresceu

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel
Foto: Martin Rulsch/Wikimedia

Em meio à crise do coronavírus a aprovação da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, cresceu. De acordo com a pesquisa Forschungsgruppe Wahlen divulgada pela TV 2DF, a aprovação da primeira-ministra teve um aumento de 11%, passando para 79%. 18% desaprovam o trabalho de Merkel.

-Publicidade-

O partido da chanceler também teve uma elevação do apoio. A União Democrata-Crista (CDU), e o seu partido-irmão na Baviera a União Social-Cristã da Baviera (CSU), contam com a preferência de 33% dos eleitores, um aumento de 7% em relação à última pesquisa.

Na última quarta-feira, o Parlamento da Alemanha, o Bundestag, aprovou um pacote de € 1,1 trilhão (cerca de R$ 6 trilhões) para combater os efeitos do coronavírus na maior economia da Europa.

A pesquisa foi realizada entre os dias 23 e 26 deste mês e ouviu 1,473 pessoas.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.