Argentina articula-se para ser aliada preferencial dos EUA

O presidente peronista Alberto Fernández aposta que o Colégio Eleitoral norte-americano vai ratificar Joe Biden como novo morador da Casa Branca
-Publicidade-
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA ROSADA
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA ROSADA | O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: DIVULGAÇÃO/CASA ROSADA

O presidente Alberto Fernández aposta que o Colégio Eleitoral norte-americano vai ratificar Joe Biden como novo morador da Casa Branca

fernández
O presidente da Argentina, Alberto Fernández | Foto: Divulgação/Casa Rosada
-Publicidade-

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, movimenta-se nos bastidores para ocupar o lugar do Brasil como aliado número um dos Estados Unidos. Conforme o jornal Clarín, os peronistas querem ajuda externa para tirar o país da crise econômica. O governo Fernández-Kirchner aposta que o Colégio Eleitoral norte-americano vai ratificar Joe Biden como novo morador da Casa Branca. Por outro lado, Donald Trump garante que houve fraude na eleição e assegura: “Isso está longe de acabar”. Conforme o republicano, há irregularidades em vários Estados, como mortos “votando” e validação de cédulas falsas.

Leia também: “Na Pensilvânia, 21 mil mortos constam na lista de eleitores”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comments

  1. Por acaso o Mr. Trump já se manifestou publicamente através de discurso, reconhecendo a vitória do velhinho gagá do Joe?
    Não? Então aguarde aí seu pateta. Aliado preferencial do quê, o que um país em ruínas tem a oferecer a uma superpotência militar? Vá ouvir um velho tango do Gardel, seu milongueiro.

  2. A Argenchina terá que entregar o país aos chineses, não adianta. Eles estão acostumados a colocar um país de pé: vide o Vietnan. Mas, soberania não terão…

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site