Argentinos fazem panelaço contra a ‘Vacinação VIP’

Esquema permitiu que alguns ministros e políticos aliados ao governo furassem a fila da vacinação contra o coronavírus no país
-Publicidade-
Parte dos manifestantes se reuniu em frente à residência presidencial
Parte dos manifestantes se reuniu em frente à residência presidencial | Foto: Divulgação/Redes Sociais

Na Argentina, na segunda-feira 1º, um panelaço começou minutos depois que o presidente do país, Alberto Fernández, concluiu o discurso de abertura do ano legislativo do Congresso. Durante a fala, Fernández minimizou o episódio que ficou conhecido como “Vacinação VIP” — em que alguns ministros e políticos aliados ao governo furaram a fila da vacinação contra o coronavírus no país. O mandatário argentino referiu-se ao esquema como “um erro”. Nas redes sociais, a convocação para o ato de repúdio avisava: “É suficiente! Dizemos ‘Basta!'”. Parte dos manifestantes se reuniu em frente à residência presidencial.

Leia também: “‘Vacinação VIP’ derruba ministro da Saúde da Argentina”

-Publicidade-

“Tomei as decisões que cabiam”, disse Fernández antes das manifestações. “Todos os governos sensíveis têm a obrigação de corrigir esses erros para acabar com qualquer indício de privilégio ou de falta de solidariedade.”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.