Atleta trans derrota competidora e vence estreia de MMA nos EUA

Alana McLaughlin deu um 'mata-leão' na adversária, Celine Provost
-Publicidade-
Alana McLaughlin, atleta trans, já serviu como soldado das Forças Armadas dos EUA | Foto: Combate Global / Instagram
Alana McLaughlin, atleta trans, já serviu como soldado das Forças Armadas dos EUA | Foto: Combate Global / Instagram

Alana McLaughlin, atleta transgênero, venceu a estreia das preliminares do MMA Combate Global em Miami, Flórida. Na sexta-feira 10, McLaughlin deu um “mata-leão” na adversária Celine Provost para encerrar a partida aos 3 minutos e 32 segundos do segundo round.

McLaughlin, que iniciou sua transição de gênero depois de deixar as Forças Especiais do Exército dos EUA em 2010, disse que espera ser uma “pioneira” para atletas transgêneros em esportes de combate. “Quero pegar o manto que Fallon colocou”, declarou McLaughlin, em entrevista ao portal Outsports.

Em 2012, Fallon Fox se tornou o primeiro trans a lutar no MMA.

-Publicidade-

Leia também: “Quando o movimento LGBT passa a odiar uma trans”, artigo de Ana Paula Henkel publicado na Edição 59 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro