Axiom Space: primeira missão privada à Estação Espacial volta amanhã

Tripulação é composta de um ex-astronauta e três clientes civis
-Publicidade-
Da esquerda para a direita, Larry Connor, Mark Pathy, Michael López-Alegría, e Eytan Stibbe
Da esquerda para a direita, Larry Connor, Mark Pathy, Michael López-Alegría, e Eytan Stibbe | Chris Gunn/Axiom Space

A primeira missão totalmente privada para o maior laboratório construído no espaço, a Estação Espacial Internacional, deve ser encerrada nesta quinta-feira, 21. Os quatro tripulantes (um ex-astronauta e três clientes civis) decolaram da base de Kennedy Space Center, na Flórida, em 8 de abril. Eles estão a bordo da nave Crew Dragon, da SpaceX, empresa de Elon Musk que fabrica transportes espaciais

Batizada como AX-1, a missão foi controlada pela empresa Axiom Space, que organiza voos privados para a Estação Espacial e curtos passeios de foguete. Segundo o presidente da startup norte-americana, Michael Suffredini, o diferencial dessa última viagem é sua relevância científica, já que os clientes foram enviados para realizar “pesquisas importantes”. 

De acordo com a Axiom Space, foram feitos 25 experimentos dentro da estação. Um deles investigou as alterações neurais no cérebro enquanto o ser humano está em órbita da Terra. Os viajantes utilizaram um capacete de leitura cerebral, idealizado pela empresa Brain.Space. 

-Publicidade-

“Não somos turistas espaciais. Não são férias”, afirmou o comandante da missão, Michael López-Alegría, que foi astronauta da Nasa e é vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Axiom Space. 

Os três tripulantes civis da missão AX-1 iniciaram o treinamento em agosto do ano passado no Johnson Space Center, centro de formação de astronautas da Nasa. 

  • Mark Pathy: é empresário canadense e CEO da Mavrik, que realiza investimentos em empresas com foco em empreendedorismo e inovação.
  • Larry Connor: é empresário notye-mericano e presidente da Connor Group, empresa de investimentos avaliada em US$ 3,3 bilhões. Ele é piloto e possui experiência em 16 aeronaves diferentes.
  • Eytan Stibbe: é ex-piloto de caça da Força Aérea de Israel e investidor da Vital Capital, empresa internacional de soluções estratégicas para o mercado.

Quanto custou a viagem

A Nasa divulgou o custo estimado para levar os tripulantes para a Estação Espacial Internacional. Cada cliente pagou US$ 5,2 milhões (R$ 24 milhões). A comida servida no espaço, cobrada à parte, custou US$ 2 mil (R$ 9,3 mil) por dia, por pessoa. 

A estação espacial foi construída por 15 países, entre eles Estados Unidos e Rússia. Encontra-se em órbita desde 8 de julho de 2011, a uma velocidade média de 27.700 quilômetros por hora. 

Retorno para a Terra

A data de retorno dos quatro tripulantes estava prevista para depois de 12 dias de jornada, nesta quarta-feira, 20. Entretanto, devido a condições climáticas desfavoráveis, a Axiom Space decidiu adiar a volta para a noite de amanhã, 21.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.