‘Barco solar do faraó’ é transferido para novo museu no Egito

Item é considerado "o maior e mais velho" objeto de madeira de todos os tempos
-Publicidade-
Foto: Divulgação/ Ministério Egípcio do Turismo e Antiguidades
Foto: Divulgação/ Ministério Egípcio do Turismo e Antiguidades

Um “barco solar” que pertenceu ao rei Khufu, com 4.500 anos de idade, está sendo transferido para o novo Grande Museu Egípcio, em Gizé, que vai ser inaugurado neste ano perto das pirâmides. Khufu era conhecido pelos gregos como Quéops.

“Os melhores países para sobreviver a um apocalipse” 

Segundo reportagem da BBC, o barco é considerado “o maior e mais velho” objeto em madeira de toda a história. A teoria dos historiadores é que o barco se destinava a levar o faraó para o céu após sua morte. Khufu reinou no Egito entre 2589 e 2566 antes de Cristo.

-Publicidade-

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro