Os melhores países para sobreviver a um apocalipse

O Brasil não é um deles
-Publicidade-
Foto: Gerd Altmann/Pixabay
Foto: Gerd Altmann/Pixabay

Pesquisadores do Instituto de Sustentabilidade Global de Anglia Ruskin, usando dados da Universidade de Notre Dame, fizeram uma lista de países com alguma capacidade para sobreviver a um apocalipse. Eles se basearam em três critérios: 1) a capacidade de produzir alimentos; 2) a distância de áreas fortemente povoadas; e 3) a capacidade de produzir energia renovável e produtos.

“Mistério: cinco generais cubanos morrem em apenas nove dias” 

Estes são os cinco países mais capacitados segundo o critério de “preparo” para uma catástrofe global:

-Publicidade-

1 Singapura

2 Nova Zelândia

3 Noruega

4 Dinamarca

5 Finlândia

Estes são os cinco menos capacitados:

188 Zimbábue

189 Eritreia

190 Venezuela

191 Chade

192 República Centro-Africana

Segundo o estudo, o Brasil ocupa uma posição muito ruim: 126° lugar, entre a Coreia do Norte e Cuba.

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

15 comentários

  1. Piada pura – com base nos parâmetros acima, o Brasil seria um dos ÚNICOS países do mundo capazes de sobreviver a um holocausto nuclear, juntamente com EUA e Rússia. Achar que Cingapura tem capacidade produzir alimentos e energia renovável é um absurdo completo.

    1. Também concordo. Os países nórdicos estão próximos da Rússia e que alimentos produziriam naquele gelo todo? Só se fosse sobreviver de bacalhau seco.

      1. Prezado Sr. Dagomir. Tem certeza que vocês pretendem subir no ranking de revista bem lida? Com editoriais sérios? Com uma matéria dessas vocês poderiam até, construir no núcleo da mesma uma piada! Seria a melhor forma de mostrar que parte destes pseudos cientistas andam fumando muito esterco da esquerda burrinha. É piada essa informação!!

    2. Concordo em parte com o Ricardo. Pois, capacidade de produzir alimentos? Piada! Energia renovável, em um país que tem sol e vento no Nordeste o ano todo? Outra piada. Distanciamento de lugares densamente povoados, outra grande piada, pois temos áreas tanto densamente povoadas como sem uma só alma por quilômetros. Acho que essa niticia é mais propaganda para esses países.
      A não ser que “tenham esquecido” propositadamente de demonstrar os argumentos que os levaram a essa conclusão.

  2. Já estamos em um Apocalipse, ou esqueceram que Renan e Omar continuam como senadores e ainda temos um STF composto, na sua maioria, por ladrões indicados por outros ladrões. E apesar de tudo, estamos vivos, deveria estar em primeiro.

  3. Concordo com os comentários: baseado nos “criérios” 1) a capacidade de produzir alimentos; 2) a distância de áreas fortemente povoadas; e 3) capacidade de produzir energia renovável e produtos, nenhum dos cinco primeiros tem capacidade de produzir alimentos o ano inteiro, muito menos energia renovável; e onde o Brasil esta próximo de áreas fortemente povoadas? Já li artigos ruins, mas este Instituto de Sustentabilidade Global de Anglia Ruskin usando dados da Universidade de Notre Dame fica entre os cinco ganhadores.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro