China ameaça Reino Unido por banir Huawei: ‘Vão pagar um preço’

Britânicos decidiram proibir a atuação da empresa de tecnologia na rede 5G até 2027
-Publicidade-
O presidente da China, Xi Jinping | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR
O presidente da China, Xi Jinping | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR | O presidente da China, Xi Jinping | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR

Britânicos decidiram proibir a atuação da empresa de tecnologia na rede 5G até 2027

china
O presidente da China, Xi Jinping | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR
-Publicidade-

O Partido Comunista da China avisou ontem que vai tomar “todas as medidas cabíveis” para salvaguardar seus interesses. O alerta veio logo depois da decisão do Reino Unido de proibir todos os componentes da Huawei Technologies na rede 5G britânica até o final de 2027. “Vão pagar um preço por esta decisão”, garantiu em entrevista coletiva o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China Hua Chunying.

Leia também: “A tecnologia como arma do regime comunista chinês”, artigo de Bruno Garschagen, publicado na edição n° 6 de Oeste

Segundo ele, o governo do presidente Xi Jinping se opõe fortemente à decisão britânica. Além disso, afirma que os ingleses foram influenciados pela politização de questões comerciais, e não pela segurança nacional. Conforme a gestão Trump, a empresa de tecnologia é suspeita de utilizar as telecomunicações para espionar as pessoas. Portanto, o presidente decidiu alertar países democráticos a banirem o sistema.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 comentários

    1. O Ocidente está de joelhos para a ditadura chinesa!
      Mesmo com evidências robustas de fraudes nas eleições na que era maior nação democratica do mundo ocidental, foi eleito um candidato democrata. Estes virão com a faca nos dentes e sangue nos olhos para implementar a agenda globalista, com apoio da grande imprensa , das grandes empresas de tecnologia, do judiciário .

  1. China tem um plano de poder longamente alimentado e amplamente conhecido. A obsessão de Xi Ping é ser um “novo” Mao Tse Tung, seu guru, e abater os EUA como potencia mundial. Além de tudo, o PCC é criticado internacionalmente por roubar (ou permitir) patentes, descumprir contratos, impedir direitos humanos, liberdade de expressão e religiosa de monitorar e reprimir seus cidadãos. Com tamanho confronto às práticas ocidentais, resolveu se tornar capitalista no meio de capitalistas, onde não poderá usar suas técnicas de intimidação contra os interesses internacionais. Como capitalista vai experimentar do próprio veneno que usa em casa. Não tenho dúvidas que o PCC virá com os meios mais baixos e sujos para se impor, haja visto a própria pandemia, quando impediu o mundo de saber em tempo hábil para conter a expansão do seu contágio. E preparem-se para mais malvadezas. Sou totalmente simpática ao povo chinês e sua cultura milenar, mas abomino profundamente o infame PCC.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.