China defende código QR global da covid-19

Mecanismo armazena o histórico de viagens e saúde de uma pessoa
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Flickr
Foto: Divulgação/Flickr | Foto: Divulgação/Flickr

Mecanismo armazena o histórico de viagens e saúde de uma pessoa

china defende código qr
País oriental é suspeito de espionar pessoas por meio da Huawei | Foto: Divulgação/Flickr

O secretário-geral do Partido Comunista da China, Xi Jinping, propôs ao mundo o uso generalizado de atestados de saúde baseados em códigos QR, medida que já vigora no país oriental. Trata-se de um mecanismo que armazena o histórico de viagens e saúde de uma pessoa. Dessa forma, os usuários exibem um código de cores com base em sua exposição potencial ao coronavírus. O verde representa a maior segurança, depois vêm o âmbar e o vermelho. “A China sugere um mecanismo global de reconhecimento mútuo de atestados de saúde, com base em resultados de testes de ácido nucleico, na forma de códigos QR. Esperamos que mais países adotem esse mecanismo”, declarou Jinping, durante reunião do G20, no sábado 21.

-Publicidade-

Contudo, ele não explicou que tipo de sistema de código QR estava sugerindo ou quem o projetaria e executaria — provavelmente, a própria China. Críticos manifestaram preocupação com a medida, sobretudo porque o gigante de tecnologia chinês Huawei é suspeito de espionar usuários. Países ao redor do mundo já proibiram a participação dessa companhia nos leilões da tecnologia 5G. Além disso, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem denunciado o roubo de propriedade intelectual por hackers chineses. Conforme noticiou Oeste, laboratórios norte-americanos que pesquisam vacinas contra a covid-19 foram alvo de ataques de criminosos que atuam na internet.

Leia também: “Chegou a hora de enfrentar a China — e a Rússia”, artigo de Bruno Garschagen publicado na edição n° 18 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

10 comentários Ver comentários

  1. Então, segundo a régua dos ditadores chineses, quem viajar “demais” será tarja vermelha ! E deverá ser EXCLUÍDO da sociedade deles?? Ouvi falar em discriminação por aí?

  2. Eles nos envenenam
    Controlam a mídia
    Compram políticos pelo mundo afora
    E NÓS, OS TROUXAS, ainda aplaudimos?!?!?
    ERRAR É HUMANO
    PERSISTIR NO ERRO É BURRICE
    NÓS SOMOS……………

  3. Nada mais que uma forma de controlar a vida das pessoas, característica dos governos comunistas. E tudo com o beneplácito de canalhas como Doria, Barroso e seus coleguninhas de “stf”, Rodrigo Maia, Alcolumbre e toda a corja socialista que os acompanha. Na Argentina comandada por um pulha como o Fernandez, parte da população já está se alimentando com frango estragado. O índice de pobreza já atingiu 49% . E aqui, as nossas “gloriosas” FFAA assistem de camarote tudo o que está acontecendo. Nos EUA, graças à Smartmatic, estão colocando na presidência um velho caquético e pedófilo que não diz coisa com coisa. O presidente da Smartmatic já está na equipe do Biden, Que futuro está reservado aos meus filhos e netos?

  4. Neste caso só teremos três opções de existência:
    – Nos submetemos a esses f.d.p., nos apresentando para sermos marcados com esse chip chinês.
    – Vivermos à margem da sociedade em uma espécie de sociedade alternativa e que seguirá com os costumes tradicionais.
    – Reagirmos numa forma de guerrilha, não sei como, até eliminarmos esses representantes locais desse governo mundial numa longa luta de escaramuças (menos provável).
    A notar como comportam as pessoas de hoje, creio que uma multidão de acomodados, a maioria portanto, optarão pelo caminho mais fácil que é da submissão total.

    1. As pessoas não só se acomodam como ainda aplaudem essa “atitude louvável”de “preocupação” com a saúde mundial… Depois veremos, assim como nos campos de concentração, os menos dignos serem pouco a pouco excluídos da sociedade, com base em dados “altamente científicos”.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.