Revista Oeste - Eleições 2022

China estuda derrubar satélites de Elon Musk

Ditadura cita defesa nacional
-Publicidade-
O empresário Elon Musk, durante o programa TED Show - 30/04/2017 | Foto: Steve Jurvetson/Flickr
O empresário Elon Musk, durante o programa TED Show - 30/04/2017 | Foto: Steve Jurvetson/Flickr

O Partido Comunista da China (PCC) estuda manerias de derrubar os satélites da Starlink, empresa do bilionário Elon Musk. As Forças Armadas chinesas consideram os equipamentos uma “ameaça” à soberania de seu país.

Além disso, o PCC tenta encontrar uma forma de criar um sistema de vigilância capaz de monitorar os satélites de Elon Musk. As preocupações do PCC constam em um artigo publicado na revista China’s Modern Defense Technology.

No documento, a ditadura adverte para o potencial dos satélites, como rastrear mísseis hipersônicos e atividade militar chineses. A papelada menciona ainda a possibilidade de os equipamentos se chocarem com satélites da China.

-Publicidade-

Cientistas ligados aos militares chineses avaliam como desativar algumas funcionalidades dos equipamentos de Elon Musk, para “garantir a segurança nacional”. No ano passado, a China chegou a criticar a Starlink na ONU.

Empresa de satélites de Elon Musk

A provedora de internet do bilionário Elon Musk se destaca de outras empresas similares por conseguir alcançar velocidades bem superiores de internet. O motivo se deve ao posicionamento dos satélites, que ficam em órbita baixa na Terra. Até o momento, foram lançados mais de 4,4 mil equipamentos pela companhia.

Leia também: “O jogo do Partido Comunista da China”, reportagem publicada na Edição 58 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários Ver comentários

  1. De Helicópteros da Polícia a Satélites Espaciais… Uma obsessão dos “PCCs” – por aqui e lá – é derrubar “Objetos Voadores”…

  2. Uma ditadura que tem MEDO de tudo demonstra ser um gigante com pés de barro. Quando chegar o momento vai desmoronar como um castelo de cartas, como todas as ditaduras anterores da história.

    1. Tenho que discordar de você pois a china não tem pés de barro, na verdade ela tem pernas de barro. Um dia irá ruir e ruirá feio. A conferir.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.