-Publicidade-

China pressionou por elogios da Alemanha

O governo de Angela Merkel afirmou que não atendeu ao desejo da China e que "a transparência tem um papel chave na luta contra a pandemia”.
Embaixada da China em Berlim
Foto: Jcornelius/Wikimedia
Embaixada da China em Berlim Foto: Jcornelius/Wikimedia | Embaixada da China em Berlim

A embaixada chinesa em Berlim queria que autoridades alemãs elogiassem publicamente a política de Pequim contra o coronavírus

Embaixada da China em Berlim
Embaixada da China em Berlim
Foto: Jcornelius/Wikimedia

O governo da Alemanha confirmou no último domingo, 26, que autoridades da China fizeram pressão para que o país fizesse declarações públicas elogiando como o regime comunista lidou com a pandemia do coronavírus.

“O governo alemão está ciente dos contatos individuais feitos por diplomatas chineses com o objetivo de obter declarações positivas sobre a gestão do coronavírus pela República Popular da China”, informou o Ministério das Relações Exteriores a uma deputada que questionou o assunto, de acordo com a Deutsche Welle.

O governo de Angela Merkel afirmou que não atendeu ao desejo da China e que “a transparência tem um papel chave na luta contra a pandemia”, e isso foi deixado claro ao governo chinês.

A pressão da China foi divulgada primeiro pelo jornal Welt am Sonntag. A embaixada chinesa afirmou que as alegações do jornal, agora confirmadas pelo governo alemão, foram “irresponsáveis”.

Ontem, o governo da Austrália acusou a China de tentar interferir na política do país após um pedido de investigação independente sobre a origem do coronavírus.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês