China reage ao apoio do G7 a Taiwan com exercício militar aéreo

Partido Comunista mandou 28 naves sobrevoarem a ilha
-Publicidade-
O secretário-geral do PCC, Xi Jinping, em visita a um centro militar chinês, em 2018 | Foto: Li Gang/Xinhua
O secretário-geral do PCC, Xi Jinping, em visita a um centro militar chinês, em 2018 | Foto: Li Gang/Xinhua

O Partido Comunista da China (PCC) retaliou Taiwan depois de o G7 manifestar apoio ao país democrático. Na terça-feira 15, o PCC mandou 28 aviões para a ilha. Trata-se da maior incursão da categoria no espaço aéreo do local. “Nós nunca iremos tolerar tentativas de buscar a independência ou a intervenção temerária na questão de Taiwan por forças estrangeiras, então precisamos dar uma resposta forte a esses atos de conluio”, informou Ma Xiaoguang, porta-voz do Escritório de Assuntos de Taiwan em Pequim, na quarta-feira 16.

Recentemente, o governo de Taiwan tem se queixado à comunidade internacional dos inúmeros exercícios militares do PCC na região. Em uma das operações, o ministro da Defesa da nação denunciou a presença de um bombardeiro chinês com capacidade de carregar armas nucleares. Taiwan respondeu ao mandar uma frota de modo a alertar os aviões chineses, enquanto sistemas de mísseis também eram implantados para monitorá-los.

Leia também: “O jogo do gigante”, reportagem publicada na Edição 38 da Revista Oeste

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. Essa guerra provavelmente não acontecerá, e nem precisa. Já existe uma “Cold War II”, que está sendo travada no “cyberspace”. Basta ler a matéria sobre a pane global na internet ocorrida hoje, 17/06/2021, que impactou fortemente Hong Kong, Austrália e Nova Zelândia. Sobre Hong Kong, nem é necessário comentar. Já os outros dois, são integrantes dos “Five Eyes” (completados por EUA, Canadá e Reino Unido). Nessa Cold War II, o Ocidente, ou o que restou dele após a criação da União Europeia, só tem atuado defensivamente, dando pistas de sua fragilidade. Se não houver uma forte tomada de posição, em que em breve o Ocidente estará totalmente subjugado, e nenhum tiro terá sido disparado.

    1. Concordo…… fora a guerra bacteriológica em curso de maneira sorrateira, já que os vírus que tem assolado o mundo em sua maioria tem origem na China…….

      1. Sem contar o arsenal nuclear que a China tem muito brm guardado e escondido na Coreia do Norte.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site