Chineses estão proibidos de ‘depreciar a honra’ de seus militares

Lei foi aprovada pelo Comitê Permanente da Assembleia Popular Nacional da China
-Publicidade-
Coronel Wu Qian, porta-voz do Ministério da Nacional da Defesa da China
Coronel Wu Qian, porta-voz do Ministério da Nacional da Defesa da China | Foto: Chen Boyuan/China.org.cn

Nesta quinta-feira, 10, o Comitê Permanente da Assembleia Popular Nacional da China, órgão legislativo do país, aprovou a lei que proíbe a população de difamar membros das forças militares chinesas.

De acordo com agência Xinhua, a regra proíbe a difamação e a depreciação à honra dos solados, bem como ataques à reputação dos membros das forças armadas e a profanação de placas em homenagem aos militares. Caso a lei seja desrespeitada, os promotores podem ingressar com litígio de interesse público.

-Publicidade-

Leia também: “China condicionou envio de insumos de vacina a mudança de postura de Bolsonaro, revela documento”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site