Colômbia expulsa suposto espião da Venezuela

O governo da Colômbia anunciou que na noite de ontem foi expulso um militar venezuelano que fingiu desertar para espionar o exército colombiano
-Publicidade-
Foto: WikiImages/ Pixabay
Foto: WikiImages/ Pixabay | Colômbia - expulso - venezuelano - espionar

Suposto espião fingiu desertar do exército da Venezuela em fevereiro de 2019; foi detido espionando base militar na Colômbia

Colômbia - expulso - venezuelano - espionar
Foto: WikiImages/ Pixabay
-Publicidade-

O governo da Colômbia anunciou que na noite de ontem foi expulso um militar venezuelano que fingiu desertar para espionar o exército colombiano.

Gerardo Rojas Castillo estava na Colômbia desde fevereiro do ano passado e foi detido ao ser  visto espionando uma base militar, informa o G1.

Veja também: “Maduro testa mísseis enquanto espera gasolina do Irã”

A ditadura venezuelana acusa a Colômbia de apoiar operações militares no país. O governo de Iván Duque nega.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.