Coronavírus: empresas reduzem qualidade de vídeos para evitar sobrecarga na internet

O fluxo de utilização da rede mundial de computadores está maior por causa que muitas pessoas estão em casa devido a pandemia de coronavírus. O YouTube, por exemplo, anunciou na sexta-feira, 20, que vai reduzir a qualidade do streaming de vídeos na União Europeia e no Reino Unido.
-Publicidade-
Foto: Bruno Fortuna/Fotos Públicas
Foto: Bruno Fortuna/Fotos Públicas

Decisão tenta evitar estresse na rede mundial de computadores

-Publicidade-

Uma série de empresas de tecnologia anunciou a redução da qualidade dos arquivos para evitar problemas na internet.

O fluxo de utilização da rede mundial de computadores está maior porque muitas pessoas estão em casa devido à pandemia de coronavírus.

O YouTube comunicou na última sexta-feira, dia 20, que vai reduzir a qualidade do streaming de vídeos na União Europeia e no Reino Unido.

A ação veio depois de o chefe da indústria do bloco, Thierry Breton, solicitar às plataformas de streaming que reduzissem a qualidade de seus vídeos para evitar sobrecarga na internet.

A Netflix também tomou decisão semelhante na quinta-feira 19 para reduzir as taxas de bits, também na Europa e por 30 dias, diminuindo o tráfego nas redes do continente em cerca de 25%.

No Brasil, a Rede Globo anunciou ontem, domingo 22, que, em razão da alta demanda, limitará temporariamente a qualidade dos vídeos de seus sites e do serviço de streaming Globoplay.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site