Desertor sul-coreano cruza fronteira para Coreia do Norte

O ato ocorreu no sábado 1º, na zona desmilitarizada entre os dois países
-Publicidade-
O ditador da Coreia do Norte
O ditador da Coreia do Norte | Foto: Reprodução/Flickr

No sábado 1º, o Exército da Coreia do Sul registrou um raro desertor sul-coreano atravessando a fronteira para a Coreia do Norte.

O Estado-Maior Conjunto (JCS) realizou uma operação de busca depois de detectar o desertor sul-coreano por volta das 21h20 (horário local) de sábado no lado leste da Zona Desmilitarizada que separa os dois países.

“Nós confirmamos que a pessoa cruzou a linha de demarcação militar perto das 22h40 e desertou para o Norte”, informou o JCS. O órgão, por meio de uma linha telefônica militar, fez um pedido de proteção à Coreia do Norte para o desertor sul-coreano. Contudo, não foi informado se a pessoa está viva ou morta.

-Publicidade-

Tecnicamente, os dois países estão em guerra desde 1950, já que um armistício entre eles nunca foi assinado. O desertor sul-coreano não poderia ter atravessado a fronteira, o ato é ilegal entre as coreias.

Medidas severas na Coreia do Norte

Mesmo sem ter notificado um único caso da covid-19, a Coreia do Norte implantou medidas severas para impedir o novo vírus.

As fronteiras foram fechadas no início de 2020. Em setembro daquele ano, soldados do país abateram um oficial de pesca sul-coreano que desapareceu no mar. O governo do Norte atribuiu o incidente a medidas anticoronavírus e se desculpou.

O ditador norte-coreano, Kim Jong Un, declarou emergência nacional e isolou uma cidade fronteiriça em razão do regresso ilegal do sul para o norte de um cidadão que estava com sintomas de covid-19.

Além disso, lockdowns e restrições ao movimento entre províncias impostos pelo governo comunista reduziram o número de deserções do Norte para o Sul para uma mínima histórica.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.