Ecoguerreiros dizem se importar com a desigualdade, mas atacam os mais pobres

É o que explica Fraser Myers, da Spiked, em artigo publicado na Edição 76 da Revista Oeste
-Publicidade-
A 'luta de classes' climática é abordada por Fraser Myers na Edição 76 da Revista Oeste
A 'luta de classes' climática é abordada por Fraser Myers na Edição 76 da Revista Oeste | Foto: Montagem/Shutterstock

Em artigo publicado na Edição 76 da Revista Oeste, Fraser Myers explica que, nos anos recentes, ambientalistas tentaram enquadrar a mudança climática não só como uma questão ambiental, mas também como uma espécie de luta de classes global.

Leia um trecho

“O bombástico relatório sobre o clima do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), publicado nesta semana, foi recebido com um alarmismo previsível. Um aquecimento de 1,5 grau Celsius em cerca de duas décadas é praticamente uma certeza agora, ele alerta. Desastres, a mídia nos diz, vão desabar dos céus. Mas para além desses cenários apocalípticos, amparados pela ‘Ciência’, os militantes verdes também têm uma nova tática para nos convencer a entrar em ação.

-Publicidade-

Nos anos recentes, esses ativistas tentaram enquadrar a mudança climática não só como uma questão ambiental, mas também como uma espécie de luta de classes global. A mudança climática traz uma questão fundamental de justiça, eles dizem. Isso porque, enquanto emissões de carbono são causadas em grande parte pelas pessoas mais ricas nos países mais ricos, os fardos dessa mudança climática vão causar mais danos aos mais pobres nos países mais pobres.”

Gostou? Dê uma olhada no conteúdo abaixo.

Revista Oeste

A Edição 76 da Revista Oeste vai além do artigo de Fraser Myers sobre a “luta de classes” climática. A publicação digital conta com reportagens especiais e artigos de J. R. Guzzo, Silvio Navarro, Guilherme Fiuza, Rodrigo Constantino, Ana Paula Henkel, Dagomir Marquezi, Cristyan Costa e Paula Leal, Fábio Matos, Sabrina Nascimento e Ubiratan Jorge Iorio.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste está no ar desde março de 2020. Sem aceitar anúncios de órgãos públicos, o projeto é financiado diretamente por seus assinantes. Para fazer parte da comunidade que apoia a publicação digital que defende a liberdade e o liberalismo econômico, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro