Em Cuba, artistas dissidentes são tachados como inimigos da nação

Ditadura cubana retira promessa de diálogo com grupo que protestou por liberdade
-Publicidade-
Denis Solís, membro do Movimento San Isidoro preso em Cuba / Foto: Facebook de Denis Solís
Denis Solís, membro do Movimento San Isidoro preso em Cuba / Foto: Facebook de Denis Solís

Ditadura cubana retira promessa de diálogo com grupo que protestou por liberdade

Denis Solís, membro do Movimento San Isidoro preso em Cuba | Foto: Reprodução/Redes sociais
-Publicidade-

Na última sexta-feira, 4, a ditadura cubana retirou a promessa de diálogo com os 300 artistas que protestaram por liberdade no país. Um comunicado oficial informou que o governo não conversará com “inimigos da nação cubana”.

Leia também: “Enfermeiras cubanas se disfarçam de árabes para escapar da missão no Catar”

Na sexta-feira 27, os artistas fizeram uma manifestação em frente ao Ministério da Cultura de Cuba para se opor à prisão de Denis Solís, um dos membros do Movimento San Isidoro. Na data, o ministro da Cultura, Alpidio Alonso, havia concordado em abrir um canal de diálogo.

No entanto, na última sexta o Ministério da Cultura comunicou em nota que a escolha de alguns interlocutores que fizeram críticas frontais às lideranças do país encerraram as possibilidades de diálogo. O documento também acusa os dissidentes escolhidos de serem mercenários financiados pelos Estados Unidos.

A prisão de Denis Solís e o Movimento San Isidoro

O Movimento San Isidoro foi criado em 2018 para se opor ao aumento do controle estatal da atividade cultural em Cuba. Denis Solís, um de seus membros, está preso desde 9 de novembro. As imagens do vídeo abaixo são do momento de sua prisão. A filmagem mostra um policial cubano adentrando à casa de Solís, à noite, para prender o ativista anticastrista.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comments

  1. “Que irrumpió en su casa sin sua autorización…” Todas as casas em Cuba pertencem ao estado, portanto eles podem invadir a qualquer hora e sem aviso prévio, compadre… O interessante é que por acá, os artistas são oposição a um governo democrático e por lá, eles são oposição a um governo autoritário. Vá entender essa gente.

  2. O que mais se lamenta é que os nossos artistas, Fernanda Montenegro, Bethania, Anita, Chico, Gil, Caetano, …, não vão em definitivo para Cuba, China, Rússia, Venezuela, Argentina, Coréia do Norte, …, locais onde o socialismo é praticado em toda sua plenitude!
    Poderíamos fazer um abaixo assinado sugerindo suas libertações de nosso modo de vida e de pensar, num país com um Executivo e maioria do povo tão antidemocrático como o nosso!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site