-Publicidade-

Em meio a tensões com os EUA, China promoverá internacionalização do iuane

Ideia chinesa é aumentar o uso da moeda em investimentos
Banco do Povo da China | Foto: Reprodução
Banco do Povo da China | Foto: Reprodução

Ideia chinesa é aumentar o uso da moeda em investimentos

banco - China
Sede do Banco do Povo da China, em Pequim | Foto: Reprodução

O Banco do Povo da China, o banco central do país, afirmou nesta sexta-feira, 14, que vai intensificar a estratégia de internacionalizar a moeda chinesa, o iuane.

Segundo a instituição, será facilitado a investidores estrangeiros o uso do iuane para investir em títulos e ações chinesas.

“No futuro, continuaremos a promover a internacionalização do iuane para servir à economia real, com base nos princípios de mercado”, disse o banco.

O anúncio acontece em meio ao aumento das tensões entre os Estados Unidos e a China.

Como registra a agência de notícias Reuters, a China ainda promoverá o desenvolvimento dos mercados offshore de iuane.

LEIA MAIS: “EUA X China e a grande ameaça geopolítica”, artigo de Bruno Garschagen na edição desta semana da Revista Oeste

O banco central chinês espera que o iuane desempenhe um papel maior na precificação do comércio de commodities, inclusive petróleo bruto e minério de ferro.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comentários

  1. Só sendo trouxa ou mega especulador, com informações privilegiadas, investiria na moeda de uma ditadura que estabelece o valor da mesma por decreto.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês