-Publicidade-

Era made in China acabou, garante fornecedora da Apple

Desentendimentos entre os Estados Unidos e o Partido Comunista chinês têm mexido com a mentalidade dos empresários
Foto: AFAGEN/FLICKR
Foto: AFAGEN/FLICKR | Foto: AFAGEN/FLICKR

Desentendimentos entre os Estados Unidos e o Partido Comunista chinês têm mexido com a mentalidade dos empresários

era made in china
Empresa informa que se acabaram os dias da China como uma fábrica mundial | Foto: AFAGEN/FLICKR

Por causa da guerra comercial e a crescente tensão entre os Estados Unidos e o Partido Comunista da China, a Hon Hai Precision e outras gigantes da tecnologia planejam dividir suas cadeias de suprimentos entre o mercado chinês e o norte-americano. Conforme a empresa, que é fornecedora-chave da Apple, o reinado da China como polo de fabricação mundial acabou. O presidente do conselho da Hon Hai, Young Liu, afirmou que a companhia está gradualmente expandindo sua capacidade para fora da China.

Leia também: China prende dono de jornal pró-democracia

Hoje, o país é a principal base de produção de eletrônicos como iPhones, desktops da Dell e consoles Nintendo. Contudo, isso tende a mudar na medida em que a empresa Hon Hai transfira mais operações de manufatura para o sudeste da Ásia e outras regiões. Dessa forma, segundo Liu, o objetivo é evitar o aumento de tarifas sobre produtos de fabricação chinesa destinados aos mercados dos EUA. “Não importa se é Índia, Sudeste Asiático ou Américas, haverá um ecossistema de manufatura em cada um”, concluiu.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês