Escócia vai exigir quarentena de quem vier da Espanha

Qualquer pessoa que vier da Espanha deverá passar por uma quarentena obrigatória ao chegar na Escócia, um dos países que formam o Reino Unido
-Publicidade-
A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon | Foto: 	Arctic Circle/Wikimedia
A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon | Foto: Arctic Circle/Wikimedia | Escócia

Anúncio foi feito pela primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon; Sérvia também está na lista

Escócia
A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon | Foto: Arctic Circle/Wikimedia
-Publicidade-

Qualquer pessoa que vier da Espanha deverá passar por uma quarentena obrigatória ao chegar na Escócia, um dos países que formam o Reino Unido. O anúncio foi feito pela primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon.

O governo da Escócia aprovou grande parte da “ponte aérea” decidida pelos ministros britânicos. Isso significa que, a partir de 10 de julho, os escoceses poderão viajar para 57 países sem precisar passar por quarentena ao retornar.

Apesar disso, o governo escocês decidiu remover dois países que estavam na lista elaborada pelo governo de Boris Johnson, a Sérvia e a Espanha. Para a Escócia, esses países ainda apresentam forte presença do coronavírus.

A primeira-ministra afirmou que essa decisão foi “muito difícil” de tomar, mas que é preciso “proteger a Escócia o máximo possível do ressurgimento do vírus”. A informação foi divulgada pela BBC, a televisão pública britânica.

Corredor de viagem

O governo britânico divulgou uma relação de 59 países para onde o governo acredita ser possível viajar com “risco reduzido”. Viajantes oriundos desses países não vão precisar manter o isolamento por certo período.

Essa lista inclui grande parte das nações da Europa, ilhas no Caribe, países do Extremo Oriente, como Vietnã, Japão, Coreia do Sul, e da Oceania (Austrália e Nova Zelândia).

O governo escocês, que detém a palavra final sobre questões de saúde pública em seu território, decidiu acatar 57 países nessa lista. Sérvia e Espanha, como já dito, foram deixados de fora.

Como justificativa, Nicola Sturgeon afirmou que a Escócia foi menos afetada pelo vírus que o resto do Reino Unido, o que justifica essa medida. Segundo a primeira-ministra, “não podemos de consciência tranquila” liberar pessoas que vêm da Sérvia e da Espanha dessa restrição.

De acordo com o governo escocês, esses viajantes devem ficar em quarentena mesmo ao entrar no Reino Unido através de aeroportos da Inglaterra.

 

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comment

  1. Sugiro à Revista Oeste elaborar um artigo esclarecendo e detalhando como é praticada essa quarentena para os viajantes nos principais países. Tenho lido sobre ela mas não sei os impactos para o turista, por exemplo.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site