Espanha autoriza entrada de vacinados contra covid-19 a partir de junho

A partir de segunda-feira 24, os britânicos também já poderão se deslocar até o país 'sem restrições e exigências sanitárias'
-Publicidade-
A partir do dia 7 de junho, qualquer pessoa imunizada contra a covid-19 poderá viajar para a Espanha
A partir do dia 7 de junho, qualquer pessoa imunizada contra a covid-19 poderá viajar para a Espanha | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O governo da Espanha anunciou nesta sexta-feira, 21, que vai permitir a entrada de viajantes procedentes de outros países que já tenham se vacinado com as duas doses do imunizante contra a covid-19. A liberação está programada para o dia 7 de junho.

“Todas as pessoas vacinadas e suas famílias também são bem-vindas em nosso país”, disse o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez. A permissão é válida para as vacinas que já foram autorizadas pela Agência de Medicamentos da Europa (EMA) ou pela Organização Mundial de Saúde (OMS): os imunizantes de Moderna, Oxford/AstraZeneca, Janssen, Pfizer/BioNTech e Sinopharm. A CoronaVac, pelo menos por enquanto, ainda não obteve o registro.

Leia mais: “Espanha: show com protocolo anticovid termina sem infecções por coronavírus”

-Publicidade-

O governo espanhol também derrubou as restrições a viajantes procedentes do Japão. Pessoas vindas de oito países, entre os quais Austrália, China e Israel, já estão autorizadas a entrar na Espanha. A partir de segunda-feira 24, os britânicos também poderão se deslocar até o país “sem restrições e exigências sanitárias”.

Leia também: “Vacinação na Europa ganha velocidade e se aproxima dos EUA, diz Von der Leyen”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro