-Publicidade-

Espanha informa morte de pessoa que tomou vacina da Oxford/AstraZeneca

O país suspendeu, temporariamente, o uso do imunizante
A vacina foi desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca
A vacina foi desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca | Foto: Luis Lima Jr/FotoArena/Estadão Conteúdo

O Ministério da Saúde da Espanha informou nesta quarta-feira, 17, a morte de uma pessoa que recebeu a vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. Segundo o ministério, o paciente recebeu a dose do imunizante nos últimos 16 dias e faleceu em virtude de um AVC isquêmico. Além disso, foi divulgado um caso de trombose em outro indivíduo imunizado no mesmo período, o que eleva para três a quantidade de eventos dessa natureza registrada no país. “Uma pessoa com resultado fatal e outro caso com trombose venosa abdominal”, informou a nota. Os três registros de trombose ocorrem em um universo de 975.661 pessoas inoculadas na Espanha com a vacina da AstraZeneca. “São três casos de eventos trombóticos que, por si só, embora pouco frequentes, podem ocorrer na população em geral”, afirma a nota. O uso do imunizante está suspenso na Espanha, assim como em outros países europeus, pelo menos por duas semanas, enquanto se esperam os resultados da análise realizada pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês). A AstraZeneca garante que está mantendo a questão dos casos de trombose sob revisão, “mas as evidências disponíveis não confirmam que a vacina seja a causa”.

Leia também: “Após países suspenderem uso, AstraZeneca reafirma segurança da vacina”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Acho exagero e demonstração de ignorância vincularem a vacina a coágulos. No documento expedido pela farmacêutica fica evidente a sua segurança e, para mim, enaltecida a (até) má fé daqueles que pregam sua periculosidade.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.