Está proibido sorrir na Coreia do Norte

Objetivo da censura é demonstrar respeito ao aniversário de morte de Kim Il-sung, o fundador do país
-Publicidade-
Kim Jong-un é o atual líder da Coreia do Norte
Kim Jong-un é o atual líder da Coreia do Norte | Foto: Reprodução/Flickr

Especificamente nesta quinta-feira, 8, está proibido falar alto ou sorrir na Coreia do Norte. A censura tem como objetivo demonstrar respeito ao aniversário de morte de Kim Il-sung, o fundador do país. A regra foi estabelecida em 1994, quando o ditador morreu vítima de um ataque cardíaco. “Está proibido sorrir, levantar a voz na rua, beber álcool ou dançar, porque todo o país está em luto”, explica Park Yeon-mi, refugiada norte-coreana e ativista.

Propaganda estatal

A televisão estatal norte-coreana reserva o dia inteiro para exibir a solene cerimônia oficial em homenagem ao chamado “eterno presidente”. Filmes e documentários sobre a vida Il-sung também são exibidos para a população em 8 de julho. No dia em que o ditador nasceu, 15 de abril, as cerimônias também são realizadas.

-Publicidade-

Contudo, a devoção ao ditador não para por aí. Segundo a agência de notícias EFE, a Coreia do Norte abriga em seu território cerca 34 mil estátuas de Kim Il-sung, que recebem flores em todos os feriados. Enquanto isso, o corpo do líder norte-coreano, embalsamado, é exposto dentro do Palácio de Kumsusan, em Pyongyang.

Leia também: “Castas, pobreza e culto ao grande líder”, entrevista com o historiador Leonardo Lopes publicada na Edição 46 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Se os vermelhos tomarem o poder, farão exatamente o mesmo quando o Molusco, como “imortal Pai dos Pobres”, partir para o além-túmulo.

    1. Bem, aqui no Brasil, se o presidente fosse o poste e o ex PRESIDIÁRIO da ultra esquerda FASCISTA estivesse morto, seria menos pior.
      “É que não seria proibido encher a cara de cachaça”

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.