EUA: Inflação sobe e atinge maior patamar em 40 anos

O resultado ficou acima das estimativas de economistas
-Publicidade-
Bandeira dos Estados Unidos | Foto: Pexels
Bandeira dos Estados Unidos | Foto: Pexels

O índice de preços ao consumidor (CPI) — que mede a inflação nos Estados Unidos (EUA) — voltou a ganhar força em junho.

A taxa subiu 1,3% na base mensal, depois de avançar 1% em maio. Em um ano, o acumulado é de 9,1%, ante 8,6% no mês anterior, informou o Departamento de Trabalho nesta quarta-feira, 13.

O resultado da inflação ficou acima das estimativas de economistas consultados pelo Wall Street Journal, de altas de 1,1% e de 8,8%.

-Publicidade-

A taxa anual do CPI está no maior nível desde novembro de 1981 e reflete, principalmente, uma alta generalizada, com os índices de gasolina, habitação e alimentação sendo os principais responsáveis pelo aumento. O índice de energia subiu 7,5% no mês e contribuiu com quase metade do aumento, com a gasolina subindo pouco mais de 11%. O índice de alimentação cresceu 1% em junho, assim como o índice de alimentação em casa.

Em base anual, o índice de energia subiu 41%, a maior alta para um período de 12 meses desde abril de 1980. O índice de alimentos subiu 10,4%, a maior alta em 12 meses desde fevereiro de 1981.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

    1. Discordo. Apesar da inflação ( que já foi bem mais alta durante o governo do J. Carter), os EUA continuam sendo a maior potência do planeta, seja economicamente ou militarmente. E dificilmente deixarão de ser.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.