EUA suspendem envio de remessas de dólar para o Afeganistão

Objetivo do governo de Joe Biden é evitar que a verba caia nas mãos do Talibã
-Publicidade-
Joe Biden é presidente dos Estados Unidos
Joe Biden é presidente dos Estados Unidos | Foto: Reprodução/Flickr

O governo dos Estados Unidos cancelou o envio de remessas de dólar para o Afeganistão. Segundo informações do The Wall Street Journal, o objetivo da equipe do presidente Joe Biden é evitar que a verba caia nas mãos do grupo terrorista islâmico Talibã, que assumiu o controle da capital do país asiático, Cabul, no último domingo, 15.

A Casa Branca também bloqueou o acesso do Talibã às contas administradas pelo governo do Estados Unidos, de maneira a impedir o acesso pelos fundamentalistas de quase meio bilhão de dólares em reservas do Fundo Monetário Internacional (FMI). De acordo com o periódico britânico, essas devem ser as últimas ações que Washington pretende empreender em Cabul.

A decisão foi encabeçada pelo Departamento do Tesouro dos Estados Unidos, que notou o rápido avanço do Talibã por todo o território afegão.

-Publicidade-

Leia também: “Cofundador do Talibã volta ao Afeganistão depois de 10 anos fora do país”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro