EUA vão acolher 100 mil refugiados ucranianos

Desde o início da invasão russa, quase 4 milhões de pessoas fugiram do país liderado pelo presidente Volodymyr Zelensky
-Publicidade-
Cerca de 100 mil ucranianos devem ser recebidos pelos Estados Unidos
Cerca de 100 mil ucranianos devem ser recebidos pelos Estados Unidos | Foto: Reprodução/Ancur

Os Estados Unidos devem acolher até 100 mil refugiados ucranianos, informou, nesta quinta-feira, 24, a Casa Branca. Desde o início da invasão russa, quase 4 milhões de pessoas fugiram do país, calcula a Organização das Nações Unidas (ONU). De acordo com The Wall Street Journal, Joe Biden está trabalhando para desenvolver novos programas de acolhimento aos ucranianos que têm familiares em território norte-americano.

A União Europeia (UE) caminha na mesma direção. Desde 24 de fevereiro, os países do bloco receberam 3,5 milhões de refugiados ucranianos. Além disso, estão fornecendo serviços básicos para as pessoas que fogem da guerra, como alimentação, abrigo e educação. A Irlanda, por exemplo, está dispensando vistos para os ucranianos. O Reino Unido, desvinculado da UE, está permitindo a permanência dos refugiados na ilha.

Os ucranianos estão se estabelecendo majoritariamente em países da Europa Central, como a Eslováquia e a Polônia. Ambas as nações falam uma língua semelhante à ucraniana, compartilham laços culturais e séculos de história — o que facilita a adaptação dos refugiados. No entanto, o alto número de migrantes não corresponde ao baixo número de vagas de emprego disponíveis. A Polônia, para onde fugiram mais de 2 milhões de pessoas, está pedindo ajuda internacional para lidar com esse problema.

-Publicidade-

“Este é um teste para nós: Putin queria nos enfraquecer, nos dividir”, disse o presidente polonês, Andrzej Duda. “Esta é sua tática: desestabilizar países com refugiados. Isso não ocorrerá por apenas uma semana ou duas.”

Leia também: “A Ucrânia resiste”, reportagem de Edilson Salgueiro publicada na Edição 102 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.