Exército dos EUA destruiu aviões e blindados antes de deixar Cabul

Ao todo, foram destruídas 73 aeronaves, 70 veículos blindados e o sistema de defesa antimíssil
-Publicidade-
Exército dos EUA deixou o Afeganistão
Exército dos EUA deixou o Afeganistão | Foto: Reprodução/Mídias sociais

O Exército dos Estados Unidos destruiu aviões, blindados e o sistema de defesa antimíssil antes de deixar o Aeroporto Internacional de Cabul, no Afeganistão, nesta terça-feira, 31.

Ao todo, foram destruídos 73 aviões, 70 veículos blindados resistentes a minas terrestres, que valem US$ 1 milhão cada um, e 27 veículos Humvees, informou o general Kenneth McKenzie, chefe do Comando Central dos Estados Unidos, órgão responsável pelas operações militares do país no Oriente Médio.

Segundo Mackenzie, o último aparelho a ser inutilizado foi o sistema de defesa antimíssil, que na última segunda-feira, 30, deteve cinco foguetes disparados pelo Estado Islâmico contra o Aeroporto Internacional de Cabul. “Decidimos deixar esses sistemas funcionando até o último minuto”, explicou.

-Publicidade-

Conforme noticiou Oeste, o Talibã comemorou a saída dos norte-americanos do Afeganistão com tiros para o alto.

Leia também: “O fiasco de Joe Biden”, artigo de Ana Paula Henkel publicado na Edição 74 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro