-Publicidade-

Explosão em Beirute quase atinge navio brasileiro

Explosão em Beirute quase atinge navio brasileiro
Fragata Independência escapou por pouco | Foto: DIVULGAÇÃO/MINISTÉRIO DA DEFESA
Fragata Independência escapou por pouco | Foto: DIVULGAÇÃO/MINISTÉRIO DA DEFESA | Fragata Independência escapou por pouco | Foto: DIVULGAÇÃO/MINISTÉRIO DA DEFESA

Fragata Independência deixou o porto dez minutos antes da tragédia

explosão em beirute
Fragata Independência escapou por pouco | Foto: DIVULGAÇÃO/MINISTÉRIO DA DEFESA

Por questão de minutos, a embarcação brasileira Independência não foi atingida pela explosão em Beirute, capital do Líbano, ocorrida na tarde de ontem, terça-feira 4. O navio estava ancorado próximo a outro, de Bangladesh. Dez minutos antes da explosão, o Independência movimentou-se para dar lugar a outro barco. Dessa forma, não foi atingido.

“Todos os militares estão bem e não há feridos”, informou em nota o Ministério da Defesa. O documento também garantiu que o navio estava patrulhando a região, conhecida como Área Marítima de Operações, em operação da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Unifil). E distante cerca de 15 quilômetros do Porto de Beirute.

A Unifil é um grupo criado em 2006 para operacionalizar a missão de paz da ONU no país do Oriente Médio. Formada por quase 800 militares brasileiros e de outras nacionalidades, a força-tarefa tem por objetivo garantir a estabilidade na região, após a retirada de tropas israelenses das áreas conflagradas no sul do Líbano. Além disso, oferece apoio ao governo local.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês