FBI acusa Coreia do Norte de roubo milionário de criptomoedas

Grupos de hackers ligados aos norte-coreanos teriam roubado mais de US$ 600 milhões de empresa de videogame
-Publicidade-
FBI liga ação de <i>hackers</i> no país com governo da Coreia do Norte
FBI liga ação de hackers no país com governo da Coreia do Norte | Foto: Reprodução/Flickr

O Departamento Federal de Investigação (FBI) acusou na última quinta-feira, 14, o governo da Coreia do Norte de envolvimento em um roubo de mais de US$ 600 milhões em criptomoedas de uma empresa de videogames, não identificada pelo órgão em seu comunicado.

O episódio, acontecido em março, é mais um de uma série de ataques cibernéticos ligada ao governo, com sede em Pyongyang.

“Através de nossa investigação, pudemos confirmar que o Lazarus Group e o APT38, atores cibernéticos associados à República Popular Democrática da Coreia, são responsáveis ​​pelo roubo de US$ 620 milhões em criptomoedas Ethereum, relatado em 29 de março”, informou o FBI em comunicado.

-Publicidade-

“O FBI, em coordenação com o Tesouro e outros parceiros do governo dos EUA, continuará a expor e combater o uso de atividades ilícitas pela Coreia do Norte, incluindo crimes cibernéticos e roubo de criptomoedas, para gerar receita para o regime.”

Condenado por ajudar norte-coreanos

Na última quarta-feira, um norte-americano especialista em criptomoedas foi condenado a pouco mais de cinco anos de prisão nos Estados Unidos por ajudar a Coreia do Norte a contornar sanções financeiras usando moedas virtuais. No julgamento, Virgil Griffith se declarou culpado por conspirar contra as leis de seu país.

A sentença, decidida pela Justiça norte-americana, foi a mínima dentro do pedido dos procuradores. Griffith corria o risco de passar mais de 20 anos na prisão pelos crimes financeiros. O especialista, de 39 anos, ainda foi multado em US$ 100 mil.

Em setembro do ano passado, Griffith se declarou culpado de conspirar contra a legislação dos EUA, ao viajar para Pyongyang, capital da Coreia do Norte, para fazer uma apresentação sobre a tecnologia blockchain. A viagem aconteceu em abril de 2019.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.