FBI divulga documento relacionado à investigação do 11 de Setembro

Relatório foi publicado integralmente pelo jornal britânico The Guardian
-Publicidade-
Já faz 20 anos do ataque às Torres Gêmeas, em Nova York
Já faz 20 anos do ataque às Torres Gêmeas, em Nova York | Foto: Reprodução Netflix

O Departamento Federal de Investigação (FBI) divulgou ontem, sábado 11, o primeiro lote de documentos relacionados à investigação dos ataques terroristas de 11 de Setembro. O relatório, publicado pelo jornal britânico The Guardian, confirma a investigação acerca de um saudita suspeito de oferecer apoio logístico a dois dos sequestradores dos aviões.

O documento detalha depoimentos de testemunhas que levaram o FBI a suspeitar que Omar al-Bayoumi, um suposto estudante saudita em Los Angeles, era um agente de inteligência do grupo fundamentalista islâmico Al-Qaeda. O relatório descreve o envolvimento de al-Bayoumi em apoio logístico aos terroristas, fornecendo assistência em viagens, hospedagens e financiamento.

O material foi divulgado horas depois de o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, participar de cerimônia em homenagem às vítimas do 11 de Setembro.

-Publicidade-

Não há informações a respeito do que aconteceu com al-Bayoumi após as investigações norte-americanas.

Leia também: “Eles venceram”, reportagem de Dagomir Marquezi publicada na Edição 77 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro