Flórida torna obrigatório ensino sobre os crimes do comunismo

Os professores devem ensinar sobre a 'pobreza, fome, migração e violência' que ocorreram sob o regime
-Publicidade-
O governador Ron DeSantis estabeleceu o dia 7 de novembro como o ‘Dia das Vítimas do Comunismo’
O governador Ron DeSantis estabeleceu o dia 7 de novembro como o ‘Dia das Vítimas do Comunismo’ | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O governador da Flórida, nos Estados Unidos, Ron DeSantis, assinou um projeto de lei na segunda-feira 9 que estabelece o “Dia das Vítimas do Comunismo” no Estado, que deve ser lembrado em 7 de novembro. Na data, professores de escolas públicas deverão dedicar ao menos 45 minutos da aula ensinando os alunos sobre quem foram os líderes comunistas e os crimes cometidos em seus regimes.

“Na Flórida, vamos dizer a verdade sobre o comunismo”, disse DeSantis. “Queremos garantir que nossos alunos aprendam sobre os males do comunismo, os ditadores que lideraram os regimes comunistas e as centenas de milhões de indivíduos que sofreram e continuam a sofrer sob o peso dessa ideologia desacreditada”, acrescentou o governador.

A determinação entra em vigor no ano letivo de 2023-2024 e sugere ensinamentos sobre Joseph Stalin, Mao Zedong e Fidel Castro. De acordo com a norma, os professores devem ensinar sobre a “pobreza, fome, migração, violência letal sistêmica e supressão do discurso” que ocorreram sob esses regimes.

-Publicidade-

A vice-governadora da Flórida, Jeanette Núñez, de origem cubana, afirmou que, se há um lugar no mundo onde a importância da liberdade é conhecida, é Miami, por causa dos muitos exilados que recebeu. Em espanhol, Núñez disse que “cubanos, nicaraguenses e venezuelanos estão unidos na luta pela liberdade”. Ela disse ainda que essa legislação é “importante” porque “não vai apenas educar os nossos filhos, mas também os filhos dos nossos filhos”.

Leia também: “A escola antiga era melhor, não era?”, texto de Deonísio da Silva publicado na edição 84 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

22 comentários Ver comentários

  1. Já os comentários para essa excelente iniciativa não são tão excelentes (da no Tweeter). Uma boa maioria de comentários está associando o ato à política e alguns afirmando que tem intenção de reeleição.

    Mas independente disso, o assunto é fato histórico e certamente matéria a ser ensinada nas escolas, principalmente aqui no Brasil.

    O que diriam os legisladores brasileiros sobre DeSantis? Dá quase pra gente chutar um palpite, não? “Ato anti democrático”, “gabinete do ódio”, “fake news”, “terraplanismo”… O Xandão vai mandar prender.

  2. Por que as vítimas do capitalismo não merecem ser lembradas? Há muitos crimes sem resposta: fome, remédios caros e por aí vai. Nos EUA, jovens diabéticos reduzem a dosagem da insulina devido ao alto custo do medicamento e morrem. Seria injusto perguntar, quando o capitalismo vai responder pelos seus crimes?

    1. Há uma grande diferença, no capitalismo você pode trabalhar, empreender, obter rendas de várias formas, logicamente que não é fácil e nem todos alcançam, mas existe a possibilidade, diferente do que acontece na Venezuela, Bolívia e outros países que adotaram a ideologia.

    2. Faça essa pergunta pra #CrusoLixo, #FoicedeSP, Veja, #IstoEra, CartaCapital, Estadão e O Globo. Irá receber as respostas, TODAS MENTIROSAS. Vaza, esquerdopata!

      1. Pessoas conservadoras, prezam os bons costumes, passados de geração a geração. Reflita sobre isso também.

    3. Angela Sua jumentóide! Capitalismo nem é gente! Grande parte dos problemas dos regimes ditos capitalistas vem exatamente porque existe um estado para atrapalhar e te roubar!

    4. Esses crimes são execuções sumárias, apropriação de dinheiro público, tortura, censura a imprensa etc. Remédios caros? Nós EUA os planos de saúde fornecem remédios e com o Obama care todo mundo tem.

  3. Deveriam também dizer que o comunismo suprimiu a liberdade e a possibilidade de expressar-se uma opinião que vá contra os “supremos líderes”. Conto sempre a história da professora que pediu aos alunos da Hungria após a invasão soviética a contarem uma história sobre gatinhos. Aluna: minha gatinha teve sete gatinhos, todos são bons comunistas. Encantada a professora chamou o inspetor que uma semana mais tarde passou pela escola e ela pediu à aluna contar a história da gatinha. Aluna: minha gatinha teve sete gatinhos, todos ERAM bons comunistas. Explicação da aluna depois da bronca dos dois: É que agora eles abriram os olhinhos. Espero que nossos esquerdopatas ainda abram os olhinhos

  4. Se pudéssemos resumir em apenas uma ação todas as extraordinárias ações do governador conservador da Flórida, sem qualquer dúvida, esta seria a mais importante e brilhante de todas elas.

    O bastião comunista mais entranhado do mundo está no setor educacional, cuja tática hegemônica de Gramsci mantém os comunistas com 2 gerações de vantagem.
    Acabar com a doutrinação comunista nas escolas é salvar o futuro do mundo.
    Espero q legisladores conservadores do Brasil consigam o mesmo.

    Um dia, o Brasil precisará enfrentar esta batalha, a maior batalha de todas.

    Parabéns, DeSantis.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.