G7 discute ação conjunta contra o coronavírus

O G7, como é conhecido o grupo formado por Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido, anunciou que está coordenando esforço com o objetivo de responder aos impactos causados pela pandemia do coronavírus.
-Publicidade-
Alexandra Koch/PixaBay
Alexandra Koch/PixaBay

Em reunião com os ministros da Fazenda dos países membros, foi acertado que eles devem coordenar esforços para responder os impactos causados pela pandemia

Alexandra Koch/PixaBay

O G7, como é conhecido o grupo formado por Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido, anunciou que está coordenando esforço com o objetivo de responder aos impactos causados pela pandemia do coronavírus.

-Publicidade-

Por meio de um comunicado divulgado após uma reunião por videoconferência dos ministros da Fazenda dos membros, o G7 afirmou que vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para proteger empregos, empresas e restabelecer o crescimento econômico.

Sobre o sistema financeiro, o principal responsável e o mais atingido pela crise de 2008, o grupo afirma que ele está melhor preparado para lidar com as turbulências do que na última crise.

O comunicado termina afirmando que os ministros dos países do bloco vão discutir semanalmente para “tomar mais ações oportunas e eficazes”.

Com informações Estadão Conteúdo

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.