Goldman Sachs prevê forte recessão na Europa

O banco norte-americano de investimentos Goldman Sachs divulgou projeções para o PIB das principais economias da Europa neste ano e em 2021.
-Publicidade-
Foto: Gerd Altmann/Pixabay
Foto: Gerd Altmann/Pixabay | queda-PIB-IBGE-Coronavvírus

Em consequência da pandemia de coronavírus, o banco de investimento sediado nos Estados Unidos afirma que as principais economias do continente sofrerão duras quedas

Foto: Gerd Altmann/Pixabay

O banco norte-americano de investimentos Goldman Sachs divulgou projeções para o PIB das principais economias da Europa neste ano e em 2021.

-Publicidade-

De acordo com o banco, as economias do velho continente vão sofrer com uma forte retração. O PIB da Alemanha deve cair 8,9%, a perspectiva pré-coronavírus era de um crescimento de 0,9%. As economias da França, Itália, Espanha e Reino Unido também sofrerão com quedas grandes do PIB, de -7,4%; -11,6%; -9,7% e -7,5% respectivamente.

Já para o ano que vem, com a pandemia já controlada e com a economia voltando a ativa, o Goldman Sachs espera um crescimento robusto, mas sem recuperar as perdas. A Alemanha deve crescer 8,5%; a França 6,4; a Itália 7,9%; a Espanha 8,5% e o Reino Unido deve crescer 7,3%.

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.